SERGIPE

14/09/2021 as 15:44

Servidores da saúde, representados pelo Sintasa, aprovam proposta da gestão do Acordo Coletivo

<?php echo $paginatitulo ?>

Os auxiliares e técnicos de enfermagem e demais servidores da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), representados pelo Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) deliberaram em assembleia, nesta quarta-feira, 14, a aprovação da proposta da gestão do novo Acordo Coletivo do Trabalho 2021-2022.

A assembleia geral extraordinária ocorreu durante a paralisação da categoria de 24 horas, iniciada às 7h e que só terminará no mesmo horário nesta quinta-feira. Na ocasião, houve um ato público realizado na frente do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE).

O destaque do novo acordo é a implementação do auxílio-alimentação que será iniciado de forma progressiva, sendo R$ 100,00 (janeiro/2022), R$ 200,00 (março/2022) e R$ 300,00 (a partir de maio de 2022).

De acordo com o presidente do Sintasa, Augusto Couto, a aprovação da proposta da gestão não significa que os servidores estão totalmente satisfeitos, visto que outros pontos ficaram de fora, mas que na prática existe um ganho financeiro para a categoria.

“Nós já protocolamos o documento com a aprovação da proposta na SES e na FHS. Agora, vamos aguardar a aprovação dos sindicatos que representam as outras categorias da mesma proposta. E esperamos que no menor tempo possível o Governo possa homologar o Acordo Coletivo”, disse Augusto Couto.




Tópicos Recentes