SEGURANÇA PÚBLICA

24/11/2021 as 16:20

PC deflagra operação e prende suspeitos invadir o Instagram e aplicar golpes em vendas de Iphone

.


<?php echo $paginatitulo ?>

Equipes da Delegacia Regional de Lagarto, com o apoio da Divisão de Inteligência (Dipol) e da Polícia Civil de São Paulo, deflagraram uma operação para o cumprimento de nove mandados judiciais na capital paulista, sendo dois de prisão preventiva e sete de busca e apreensão domiciliar contra investigados de invadir um perfil de uma loja no Instagram, anunciar celulares com preços mais baratos e aplicar golpes em moradores de Lagarto. A ação policial ocorreu nesta quarta-feira (24).

 

De acordo com o delegado Matheus Cardillo, os suspeitos são residentes de São Paulo e são investigados por invasão de dispositivo informático, estelionato e falsidade ideológica. “As investigações duraram cerca de três meses. Os investigados invadiram o Instagram de uma loja, anunciaram Iphones com o preço bem mais barato do que o praticado no mercado e chegaram a enganar diversos clientes em Sergipe, além de pelo menos um outro residente em Alagoas, que acreditavam estar negociando com a loja”, detalhou.

 

Os mandados de prisão foram expedidos pela Vara Criminal de Lagarto. “A operação teve como objetivo prender os investigados e recolher evidências que auxiliem na investigação, as quais, inclusive, podem revelar ou não a existência de mais envolvidos. Com as apurações realizadas até o momento, identificamos cerca de 50 possíveis crimes, que em tese foram praticados pelos investigados em diversos estados”, acrescentou o delegado.

 

Matheus Cardillo reforçou que a ação policial faz parte do comprometimento da segurança pública de Sergipe para a desarticulação de grupos criminosos que atuam no ambiente digital. “A operação é mais uma ofensiva investigativa da Polícia Civil de Sergipe, cumprindo determinação do secretário da Segurança Pública e do delegado-geral, visando reprimir esses crimes praticados no meio digital, que estão em crescimento exponencial desde o início da pandemia”, concluiu.

 

Fonte e foto SSP




Tópicos Recentes