25/09/2020 as 04:34

Bolsonaro defende volta às aulas

O presidente também recomendou que pessoas com comorbidades e idade avançada tomem os devidos cuidados enquanto se espera uma vacina.

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

O presidente Jair Bolsonaro voltou defender o retorno das aulas presenciais em escolas. Ele também reafirmou que houve uma "politização" relacionada à pandemia do novo coronavírus, além de uma "pressão enorme" para manter a política de isolamento. "As aulas têm que voltar", disse. O chefe do Executivo sugeriu que pessoas abaixo de 40 anos não sofrem tanto com os efeitos da covid-19. "Abaixo de 40 anos, a chance de pegar o vírus existe para todo mundo, mas uma quantidade, um porcentual enorme, não atinge em nada as pessoas, nem aquela gripezinha ela pega", afirmou. Bolsonaro afirmou que há resistência para o retorno às aulas em colégios militares.

"Estamos tendo problemas em colégios militares porque tem muitos professores civis, são sindicalizados, e uma pressão enorme para o continue ficando em casa. É uma politização do vírus", destacou. O presidente também recomendou que pessoas com comorbidades e idade avançada tomem os devidos cuidados enquanto se espera uma vacina, mas criticou a política de isolamento. "É o que falava lá atrás, é tomar cuidado quem tem comorbidade, esperando uma vacina e um remédio comprovado cientificamente, mas não adianta, vai acabar pegando. E ficando em casa não resolve nada porque um dia vai ter que sair da toca, sair de casa", disse. Em tom humorado e reforçando seu posicionamento de que o contágio pelo coronavírus é inevitável, o presidente disse ao ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, que ele também pegaria a doença eventualmente. "Não vou rogar praga não, mas você vai pegar", disse. O chefe da pasta do Meio Ambiente acompanhou Bolsonaro na live semanal.

COVID-19

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou o boletim epidemiológico do coronavírus, com 251 casos e cinco novos óbitos. Em Sergipe, 76.603 pessoas já testaram positivo para a COVID-19 e 2.004 morreram. Todos os cinco óbitos estavam em investigação e foram confirmados. Até o momento, 70.865 pacientes foram curados. Um óbito de Aracaju foi transferido para o município de Nossa Senhora do Socorro. São quatro mortes de Aracaju, sendo três homens: de 33 anos, com HIV; de 47 anos, com doença neurológica, diabetes e doença renal crônica; e 82 anos, com diabetes. A única mulher é de 69 anos, com diabetes, pneumopatia e doença cardiovascular. Houve, ainda, o óbito de uma mulher, de 79 anos, moradora de Lagarto, com hipertensão, diabetes, neoplasia e cardiopatia. Foram realizados 166.541 exames e 89.938 foram negativados. Estão internados 176 pacientes, sendo 91 em leitos de UTI (72 na rede pública, sendo 68 adultas e 4 pediátricas; e 19 na rede privada, sendo 17 adultas e 2 pediátricas) e 85 em leitos clínicos (69 na rede pública e 16 na rede privada). São investigados mais três óbitos. Ainda aguardam resultado 945 exames coletados. Mais detalhes sobre o novo boletim epidemiológico da Covid-19 em sergipecontraocoronavirus.net.br.

GRANA

Na próxima quarta-feira, dia 30, a partir das 14h, o Governo do Estado inicia o calendário de pagamento referente ao mês de setembro de 2020, quando recebem os servidores ativos com vínculo efetivo, aposentados e pensionistas com vencimentos de até R$ 3 mil (três mil reais). Servidores efetivos do SergipePrevidência, Ipesaúde, Segrase, Agrese; servidores da Secretaria da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), incluindo magistério e administrativos, lotados em escola; e servidores efetivos da Cohidro, Codise, Cehop, Emdagro, Emsetur, Emgetis e Pronese também receberão o salário de forma integral no dia 30 de setembro. No dia 09 de outubro, a partir das 14h, o Governo do Estado conclui a folha de setembro, com o pagamento dos demais servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 3 mil, além de todos os servidores comissionados sem vínculo.  Para os pensionistas e aposentados que recebem até R$ 6 mil, o Governo realiza o pagamento da 6ª parcela (do total de 9) do 13º  Salário de 2020, nos dias 30/09 e  09/10, junto com a folha do mês de setembro. Para os pensionistas e aposentados que recebem acima de R$ 6 mil e demais servidores, o Governo realiza o pagamento da 1ª parcela  do 13º  Salário de 2020, referente a 50 % do valor líquido, no dia 09 de outubro, a partir das 14h, quando recebem os aniversariantes do primeiro quadrimestre (janeiro a abril).

NOVO LAR

O deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) defendeu o Projeto de Lei nº 52/2020 que trata da implantação do programa Novo Lar, do Governo do Estado, iniciativa que tem como objetivo requalificar unidades habitacionais em situação precária de famílias de baixa renda do Estado de Sergipe. O PL visa resgatar a cidadania das comunidades através da recuperação estrutural, estética e sanitária das residências. “O Novo Lar é destinado àqueles sergipanos mais pobres e que residem em habitações que necessitam de alguma intervenção. Habitação, inclusão e cidadania são temas que defendemos e acreditamos que são necessários para a aplicação e fortalecimento de boas políticas públicas aos que mais precisam. O PL do Executivo foi aprovado na Assembleia e vai para a sanção”, afirmou o líder da bancada governista na Alese. A proposta do programa Novo Lar é alterar a realidade da população que reside em habitações insalubres. As unidades ganharão revestimento e pintura das áreas externa e interna, melhorias nas  instalações sanitárias, recuperação ou troca do telhado, readequação das instalações elétricas, ligação de energia elétrica e muitos outros serviços que proporcionem melhoria na qualidade de vida de cada família residente. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Secretaria de Estado da Inclusão e da Assistência Social (SEIAS), das 438.740 residências existentes em Sergipe, cerca de 38 mil possuem algum tipo de precariedade estrutural, sanitária ou estética, ausência de banheiro, de piso e de paredes adequadas, de escoamento, de energia elétrica, fato que justifica a presença do programa Novo Lar no resgate da cidadania dessas famílias.

SIMPLIFICA JÁ

O deputado federal Laércio Oliveira se reuniu com os setores de rádio e televisão e também com a Ordem dos Advogados do Brasil para falar sobre os impactos das propostas de Reforma Tributária em ambos os setores. “O setor de serviços é o que mais gera empregos e também o mais afetado pelas PECs 45, 110 e também pela Reforma o PIS/Confins. O ‘Simplifica Já’ oferece todo o lado bom das propostas em trâmite, mas com neutralidade, ou seja, sem aumento de carga por isso estamos defendendo a proposta que tem recebido cada vez mais apoio da sociedade”, disse Laércio, que é Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Setor de Serviços. Ele acrescentou que também apresentou propostas de emenda a PEC 45 para evitar o aumento de carga. A primeira reunião foi com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) com o presidente da Comissão Especial de Direito Tributário Eduardo Maneira, o presidente da Cebrasse João Diniz e os idealizadores do ‘Simplifica Já Alberto Macedo e Alfredo. A entidade informou que vai deliberar sobre a proposta na próxima reunião da Comissão Especial, mas a considerar muito benéfica para o setor de advocacia e para o Brasil. A segunda reunião foi com o presidente da Abert (Associação Brasileira de Rádios e TVs) Flávio Lara Resende, também com a presença do deputado Laércio e os representantes do Simplifica Já. “Nós estamos acompanhando de perto esse assunto da Reforma e concordamos que é preciso ter uma neutralidade de carga, sem aumento para nenhum setor. Vamos analisar com calma a proposta, mas pelo que nos foi apresentado, ela é muito boa”, afirmou o presidente da Abert.

SEGURANÇA NAS ESCOLAS

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou por maioria na sessão desta quinta-feira (24), o Projeto de Lei (PL) de nº 92/2019, de autoria do deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania 23), para que seja incluído no calendário oficial do estado de Sergipe a Semana Estadual de Segurança das Escolas, a ser realizada anualmente, na segunda semana do mês de outubro. O parlamentar apresentou este projeto para que o Estado tenha uma política de prevenção da violência e da criminalidade no ambiente escolar. Segundo o PL, o objetivo é promover interação entre a escola e os órgãos de segurança pública; difundir os programas da Polícia Militar de Sergipe como o Programa Educacional de Resistências às Drogas e a Violência ( Proerd); orientar alunos e professores sobre como agir diante de situações de violência nas dependências escolares e fomentar a criação de novos projetos e ações voltados a prevenção de quaisquer formas de violências nas escolas. Dr. Samuel Carvalho fala sobre a importância do PL e reforça a condição de somação de medidas já existentes. “O aumento de ataques violentos nas escolas, inclusive com vítimas fatais, sugere que sejam tomadas medidas de enfrentamento a um problema que assusta e deixa perplexa a sociedade brasileira. Qualquer medida que venha somar-se às já existentes é bem vinda, e deve ser objeto de atenção de todos. O debate fomentado no âmago da sociedade civil, bem como dos órgãos de segurança pública como ambiente escolar podem contribuir significativamente para reduzir esse drama que afeta famílias brasileiras”, afirmou.

IBOPE

Após cair ao longo do primeiro ano de governo, a popularidade do presidente Jair Bolsonaro disparou agora em setembro, na comparação com dezembro do ano passado. Pesquisa realizada pelo Ibope a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que a fatia da população que considera o governo ótimo ou bom é de 40%, 11 pontos a mais do que em dezembro de 2019 (29%). O índice é o maior desde o início do mandato. A avaliação negativa, ou seja, aqueles que classificam a administração federal como ruim ou péssima caiu de 38% para 29% em nove meses. Entre uma pesquisa e outra, o País enfrentou a pandemia de covid-19, que matou 139.065 pessoas até quarta-feira, 23, de acordo com dados de levantamento feito por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL. Nesse período, o governo liberou um auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais e desempregados. Bolsonaro, porém, foi criticado pela postura em relação à crise sanitária. O Ibope também perguntou os entrevistados se aprovam ou desaprovam a maneira do presidente administrar o País. Nesse quesito, a aprovação pessoal de Bolsonaro subiu de 41% para 50%, voltando ao nível observado em abril de 2019 (51%). Foram consultadas 2 mil pessoas em 127 municípios no período de 17 a 20 de setembro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

LIBERDADE SEM CENSURA

13° salário I
O governador Belivaldo Chagas anunciou em coletiva de imprensa, realizada na tarde desta quarta-feira (23), a antecipação do 13º salário para todos os servidores do Estado, por ordem de data de aniversário. Belivaldo também anunciou o retorno do pagamento do auxílio-uniforme e do 1/3 de férias para os servidores da Educação.

13° salário II
“Com a medida anunciada, a intenção é fechar o mês de dezembro sem dever absolutamente nada referente ao ano de 2020. Isso é bom porque contribui com a economia. Quando a gente soma as folhas de setembro, outubro, novembro, mais o décimo terceiro, a gente está jogando na economia um bilhão e 400 milhões de reais, neste momento que é extremamente importante para os servidores. Não tem sido fácil, mas estamos fazendo o dever de casa. Desde que assumimos o governo, temos pagado os salários sempre conforme anunciado”, destacou Belivaldo.

Trânsito I
A Semana Nacional de Trânsito começou no último dia 18 e ocorre em todo o país. Um de seus objetivos é mostrar que trânsito é uma questão de cidadania e que faz parte do dia a dia de todas as pessoas, convocando-as para refletir sobre a importância de um comportamento mais responsável. Na capital sergipana, a programação é organizada pela SMTT de Aracaju e, em 2020, além da mensagem de conscientização sobre segurança viária, está havendo diálogo com a população sobre a pandemia.

Trânsito II
Segundo a coordenadoria de educação para o trânsito da SMTT, o objetivo da ação é conscientizar condutores e pedestres sobre a importância da segurança no trânsito. “A Semana quer trazer uma reflexão para as pessoas de como se comportar no trânsito, para que essas pessoas passem a respeitar as regras, tanto os motoristas quando os pedestres e ciclistas”


Protocolos
Segundo o superintendente de comunicação, Givaldo Ricardo, eventos corporativos foram liberados com algumas regras. “O público será restrito a 100 pessoas, em espaços abertos ou fechados conforme Resolução do Estado. O governo também determinou que as atividades devem ser organizadas com distanciamento de um metro e meio entre as pessoas, de álcool em gel e utilização obrigatória de máscaras.”

 




Tópicos Recentes