BRASIL

28/05/2022 as 14:11

Chega a 33 nº de mortos pelas chuvas no Grande Recife; só neste sábado, foram 28 óbitos

Vinte pessoas morreram no Jardim Monte Verde, no Ibura, na Zona Sul do Recife. Outros seis óbitos foram registrados em Camaragibe, na Região Metropolitana.


<?php echo $paginatitulo ?>

Chegou a 28 o número de mortes em deslizamentos de barreira confirmadas no Grande Recife neste sábado (28). Com esse acréscimo, aumentou para 33 o número de óbitos devido às fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana e a Zona da Mata desde segunda-feira (23)

No Recife, além de uma morte no Córrego do Jenipapo e outra no Sítio dos Pintos, outras 20 pessoas morreram devido a um deslizamento de terra na comunidade Jardim Monte Verde, no bairro do Ibura, na Zona Sul da capital pernambucana.

Em Camaragibe, no Grande Recife, seis pessoas morreram após um deslizamento de barreira na manhã deste sábado (28). Os nomes e as idades das vítimas não foram divulgados até a última atualização desta reportagem.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Camaragibe registrou 129 milímetros e o Recife contabilizou 150 milímetros até o início da tarde deste sábado (28). De manhã, as outras duas vítimas que morreram na capital pernambucana foram:

  • Claudemir Barbosa: 18 anos, morreu soterrado após o deslizamento de uma barreira na Rua Padre Antônio Prado, no Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife, por volta das 4h. O corpo do jovem foi encontrado por volta das 9h.
  • Luciano José de Santana: 47 anos, morreu soterrado após um deslizamento de barreira no Sítio dos Pintos, na Zona Oeste do Recife, por volta da meia-noite e meia.

Óbitos durante a semana

As chuvas fortes que atingem o Grande Recife e a Zona da Mata desde o domingo (22) provocaram a morte de outras cinco pessoas nesta semana:

  • José Cláudio da Silva: 62 anos - soterrado em deslizamento de barreira no Córrego do Abacate, no bairro de Águas Compridas, em Olinda.
  • Aureogildo Antônio de Vasconcelos Júnior: 36 anos: caiu num canal na Avenida Presidente Kennedy, no bairro, em Olinda.
  • Rosemary Oliveira da Silva: 44 anos, e Sérgio Pimentel dos Santos, de 54 anos: soterrados em deslizamento de barreira no Córrego do Abacaxi, no bairro de Caixa D'Água, em Olinda.
  • Alex Rodrigo da Luz: 41 anos, foi arrastado pela correnteza enquanto tentava resgatar um cavalo em uma rua alagada no Conjunto Muribeca, em Jaboatão.

Além dos óbitos, as chuvas fizeram com que quase mil pessoas deixassem as casas onde moram por causa dos alagamentos e deslizamentos de terra.

Balanço da Defesa Civil do Recife

Das 19h da sexta (27) às 10h deste sábado (28), a Defesa Civil do Recife recebeu 198 chamados da população, entre pedidos de vistoria e solicitações de lona plástica. O Samu Metropolitano do Recife recebeu 57 chamados nas últimas horas, sendo 26 para atendimentos na capital pernambucana, 22 para Jaboatão dos Guararapes e nove em Camaragibe.

A Secretaria de Educação do Recife disponibilizou 14 escolas e creches da rede municipal de ensino para abrigar as famílias desabrigadas em função das chuvas. São elas:

  • Escola Municipal Célia Arraes (Várzea)
  • Escola Municipal Diná de Oliveira (Iputinga)
  • Escola Municipal Casarão do Barbalho (Detran)
  • Escola Municipal São Cristóvão (Guabiraba)
  • Escola Municipal Mathias Delgado (Jardim São Paulo)
  • Escola Municipal Água Fria (Passarinho)
  • Escola Municipal Campina do Barreto (Passarinho)
  • Escola Municipal Marluce Santiago (Passarinho)
  • Escola Municipal Alto da Bela Vista (Alto da Bela Vista)
  • Escola Municipal Paulo VI (Linha do Tiro)
  • Creche Santa Luzia (Torre)
  • Creche Rosa Selvagem (UR-7/Várzea)
  • Creche Miguel Arraes (Roda de Fogo)

A Secretaria de Educação de Pernambuco abriu dois locais para receber as famílias que necessitam de abrigo: Escola De Referência Silva Jardim (Monteiro) e Escola De Referência Jarbas Pernambucano (Cajueiro).

Como acionar a Defesa Civil

A Central de Operações da Secretaria de Defesa Civil do estado (Codecipe) mantém plantão 24 horas por dia e pode ser acionada pelos telefones 199 e (81) 3181.2490. Confira, abaixo, como contatar as defesas civis municipais:

  • Abreu e Lima: (81) 99933.6380
  • Araçoiaba: (81) 3543.8983
  • Cabo de Santo Agostinho: 0800.281.8531
  • Camaragibe: (81) 2129.9564, (81) 99945.3015 e 153
  • Igarassu: (81) 99460-9073
  • Itamaracá: (81) 3181-2490 e 199
  • Ipojuca: (81) 99231.8607 (telefone e WhatsApp)
  • Itapissuma: (81) 98844-5216
  • Jaboatão dos Guararapes: (81) 3461.3443 e (81) 99195.6655
  • Moreno: (81) 98299.0974 e (81) 98128.2018
  • Olinda: (81) 99266.5307
  • Paulista: 153
  • Recife: 0800.081.3400
  • São Lourenço da Mata: (81) 98338.5407

 


Colunistas


Tópicos Recentes