01/06/2020 as 04:17

Bolsonaro diz que governadores e prefeitos decidem sobre escolas

Uma decisão do STF garantiu autonomia para Estados e municípios para decidirem sobre as medidas que serão adotadas no enfrentamento à pandemia

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

O presidente Jair Bolsonaro disse que a decisão de reabrir escolas cabe a governadores e prefeitos. A informação foi dada a um grupo de apoiadores do presidente após uma criança fazer o pedido a Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada. Escolas de todo o País estão com as atividades suspensas para evitar o avanço do novo coronavírus. A criança e outros apoiadores do presidente estavam de máscara, assim como Bolsonaro, que tirou a peça enquanto falava e para fazer uma foto. A criança também tirou a proteção para fazer uma oração pelo presidente.

Apesar de Bolsonaro ser contra o isolamento social, uma decisão do Supremo Tribunal (STF) garantiu autonomia para Estados e municípios para decidirem sobre as medidas que serão adotadas no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. O presidente também citou a decisão do Supremo sobre o distanciamento social em resposta a um apoiador que pediu a saída do governador Helder Barbalho (MDB) do comando do Estado do Pará. "Se coloca no meu lugar. Você quer que eu passe por cima do Supremo?". A reação do presidente vem logo após ele mesmo criticar a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes no inquérito que investiga produção de fake news. Na quarta-feira (27), Moraes autorizou ação da PF para cumprir mandados de busca e apreensão em endereços ligados a apoiadores de Bolsonaro.

COVID-19

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulga neste domingo (31), o boletim epidemiológico do novo coronavírus, com 196 novos casos registrados e mais nove mortes. Sergipe passa a ter 6.999 pessoas infectadas e 158 óbitos. Por conta de alterações de endereço, houve a exclusão por duplicidade em dois casos, nos municípios de Boquim e Pacatuba. Entre as vítimas, seis são do sexo masculino: um senhor de Aracaju, de 75 anos, com hipertensão arterial sistêmica e cardiopata; um homem de 51 anos, também morador da capital, sem comorbidades; da cidade de Pinhão, um homem de 55 anos, com diabetes e hipertensão; mais um senhor, de 72 anos, da cidade de Itaporanga, portador da doença de Parkinson; um homem de 38 anos, de Umbaúba, sem doenças preexistentes; e outro idoso, de 88 anos, residente em Porto da Folha, cardiopata e hipertenso. As três vítimas do sexo feminino são idosas: de 83 anos, aracajuana, hipertensa e diabética; de 70 anos, moradora de São Cristóvão, com hipertensão, diabetes e obesidade; e mais uma, desta vez itabaianense, de 75 anos, com diabetes, hipertensão e doença renal crônica. São 2.976 pessoas curadas até o momento. Foram realizados 19.239 exames e 12.240 foram negativados. Estão internados 366 pacientes, sendo 149 em leitos de UTI (66 na rede pública e 83 na rede privada) e 217 em leitos clínicos (134 na rede pública e 83 na rede privada). São investigados mais 20 óbitos. Mais detalhes sobre o novo boletim epidemiológico do Covid-19 em sergipecontraocoronavirus.net.br.

AMEAÇAS

O radialista Paulo do Valle, que vem tecendo críticas aos membros da família Reis, do município  de Lagarto, e principalmente ao pré-candidato Sérgio Reis, divulgou um vídeo onde diz que está sendo ameaçado. Segundo informações, o ex-deputado Sérgio Reis teria mandado um dono de site articular ataques pessoais ao radialista.No vídeo, o radialista diz  que não irá parar com os comentários e que irá retribuir os ataques. “Não tente me atacar de forma vil, covarde e traiçoeira, me encare de frente, a cada ataque seu eu responderei com mais verdade. Eu consegui um documento que está comigo e que comprova a participação em um crime grave de uma pessoa ligada a você, e que se eu colocar esse documento para circular nas redes sociais vai levantar poeira”, avisou o radialista Paulo do Vale. Essa informação foi postada no grupo de whatsapp Indiaroba News.

DIEGO COSTA

O Ministério Público da Espanha pediu a prisão do jogador sergipano Diego Costa. Natural do município de Lagarto, Diego está sendo acusado de fraude de mais de 1 milhão de euros, cerca de  R$ 5,9 milhões, em impostos. Segundo o MP espanhol, os valores se referem a direitos de imagem pagos pelo Chelsea ao jogador. As informações passadas pelo site espanhol Cadena Ser, Diego Costa usou várias empresas de fachada com sede nas Ilhas Virgens Britânicas ou na Irlanda e deixou e pagar mais de 1 milhão de euros em impostos. Ainda segundo o site, Diego Costa reconheceu a dívida e pagou mais de 1 milhão de euros aos cofres espanhóis. O caso irá a julgamento no próximo dia 4 de junho. Apesar do pedido de prisão, casos assim dificilmente terminam em detenção. O mais comum é o acusado receber um prazo para quitar as pendências e ser multado. Apenas quando não há o pagamento é que a prisão acaba sendo colocada em prática. Diego Costa está na terceira temporada pelo Atlético de Madrid, clube que já defendeu no passado, entre 2007 e 2014, quando se naturalizou espanhol e até jogou pela Roja.

AUXILIO EMERGENCIAL

A Caixa Econômica Federal informou neste domingo (31) que vai começar a creditar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 diretamente nas contas bancárias indicadas pelos beneficiários. Os recursos, que haviam sido antecipados para uso digital pelo aplicativo Caixa Tem, agora serão transferidos automaticamente para as contas informadas pelos beneficiários, de acordo com o calendário de saque em espécie. A transferência dos valores não movimentados pelo Caixa Tem será realizada para quem indicou contas para recebimento de outros bancos ou poupança existente na Caixa. Com isso, esses beneficiários poderão procurar as instituições financeiras com quem tem relacionamento, caso queiram sacar, segundo orientou o banco estatal. Mais de 50 bancos participam da operação de pagamento do auxílio emergencial. Segundo o governo, todos os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para o auxílio emergencial já receberam o crédito da segunda parcela.

ENEM

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou, na quinta-feira, 28, que 6,1 milhões de pessoas se inscreveram para o Exame Nacional do Ensino Médio. A rede estadual de ensino de Sergipe registrou 12.720 candidatos inscritos. Esse número ultrapassou em 19,83% o quantitativo se comparado com 2019, quando 10.615 candidatos se inscreveram. O Inep ainda não divulgou os dados gerais do número de inscritos em Sergipe. O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, destaca que este ano foi atípico, por conta da pandemia da Covid-19, mesmo assim comemora os números alcançados. "Essa pandemia acarretou em distanciamento social e suspensão temporária das aulas presenciais. Agradecemos toda a mobilização feita pelas Diretorias Regionais de Educação, pelas escolas, gestores e professores, que realizaram uma grande força tarefa, motivando positivamente os estudantes. A gente pede aos alunos que continuem empenhados nos estudos, a fim de que possam alcançar o tão sonhado objetivo de ingressar no Ensino Superior", afirmou.

FIES

Com base na medida prevista na Lei nº 13.998/2020, sancionada pelo presidente Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União na segunda-feira, 25, o Comitê Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil – FIES autorizou a suspensão das parcelas dos contratos de financiamento estudantil concedidas com recursos do Fies, desde que estejam na fase de utilização, carência ou amortização, durante o estado de calamidade pública em razão da pandemia de Covid-19. A medida vale para os estudantes formados que já estão em fase de pagamento do financiamento e para os pagamentos das parcelas trimestrais somente. Importante ressaltar, contudo, que a medida não se aplica para os alunos em fase de utilização do Fies, que mantêm o compromisso de pagar as parcelas da coparticipação geradas pelo agente financeiro ou parcelas das mensalidades à Instituição. Christiany Gonçalves, da Central de Atendimento do FIES/PROUNI/FIEF da Unit, considera importante esclarecer que todas as dúvidas relacionadas ao tema, devem ser sanadas diretamente com os bancos e o FNDE, visto que os mesmos são os gestores do financiamento no que diz respeito ao pagamento pelos estudantes.




Tópicos Recentes