POLÍTICA

04/08/2022 as 14:41

Convenção do Patriota confirmará Emília Corrêa como candidata à vice-governadora


<?php echo $paginatitulo ?>

A Convenção do Partido Patriota de Sergipe será realizada nesta sexta-feira (05), a partir das 14h, na rua Rosa Faria, 99, no Bairro Inácio Barbosa.

Na ocasião, será confirmada a candidatura da vereadora de Aracaju, Emília Corrêa, para vice-governadora na chapa encabeçada por Valmir de Francisquinho (PL).

Os filiados irão decidir nomes e números dos candidatos a deputado estadual e federal. Emília, Valmir e o pré-candidato ao Senado, Eduardo Amorim, também do PL, devem discursar na convenção do Patriota por volta das 15:00. De lá, eles irão até a sede do PL, para o encerramento da convenção dos liberais.

Emília Corrêa
Lagartense, filha de José Corrêa Sobrinho e Orlette Corrêa Santos, Defensora Pública aposentada, comunicadora de rádio e TV, vereadora reeleita por Aracaju e Presidente da Procuradoria da Mulher na Câmara de Vereadores.

Foi Corregedora Geral e Secretária Geral da Defensoria Pública do Estado de Sergipe, Presidente do Tribunal de Ética e Conselheira da OAB/SE, segunda advogada mais votada na lista sêxtupla da OAB/SE, como também segunda advogada mais votada para compor a lista tríplice do Tribunal de Justiça de Sergipe para concorrer a vaga de desembargadora.

Foi criadora e apresentadora do primeiro programa de TV na área Jurídica do País – Questão de Direito, o qual ficou no ar por 11 anos – 1998 a 2009.

Em 2012 com 3.952 ficou como suplente, em 2016 se elegeu com 3652 ficando entre os 15 mais bem votados.

Em 2018 foi candidata a uma das vagas de deputada federal por Sergipe, obtendo 52.921 votos, a sexta mais bem votada no Estado, mas não assumiu por conta da legenda.

Em 2020 foi reeleita vereadora com 5.025 votos, sendo a 2ª mais votada em Aracaju.

“Para mim será uma honra caminhar ao lado de Valmir, como sendo sua vice-governadora. Ele que é um homem trabalhador e um excelente administrador, como podemos ver seu trabalho em Itabaiana. Isso se assemelha a minha história, que venho de um trabalho há mais de 30 anos, como defensora pública. Resolvi aceitar este convite depois de muita conversa e muita análise. É uma grande responsabilidade, mas estou confiante”, declara Emília.

POR ASCOM/PATRIOTA




Tópicos Recentes