POLÍTICA

28/06/2022 as 09:05

Valmir de Francisquinho vai recorrer de decisão do TSE e garante que PL terá pré-candidatura própria


<?php echo $paginatitulo ?>

O ex-prefeito de Itabaiana e pré-candidato ao governo de Sergipe, Valmir de Francisquinho (PL), afirmou, nesta segunda-feira (27), pretende recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o tornou inelegível por oito anos. O julgamento que confirmou o entendimento do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) foi concluído no último dia 23.

“Temos direito sobre recurso e vamos exercer esse direito. Respeitamos toda e qualquer decisão. Isso é natural no campo da democracia e no campo jurídico. Em vários povoados fizemos obras, povoados que nunca foram beneficiados. As cores que usamos são do município. Vamos buscar caminhos legais e acreditamos na Justiça e na competência dos advogados”, disse Francisquinho em entrevista

O ex-prefeito afastou a ideia de compor chapa com outros pré-candidatos ao governo e garantiu que, caso não consiga reverter situação com a Justiça Eleitoral, o PL sairá com outra pré-candidatura própria. “Não podemos nos render a esse grupo que está aí há 30 anos e não faz nada por Sergipe. Os problemas que Sergipe tem não serão resolvidos com esse grupo”, afirmou.

Valmir e seu filho, o deputado estadual Talysson de Valmir (PL) foram condenados por abuso de poder econômico. O ministro Carlos Horbach, que havia pedido vistas, votou favorável ao ex-prefeito de Itabaiana, juntos os magistrados Alexandre de Moraes e Benedito Gonçalves.

O relator do processo, Sérgio Silveira Banhos votou pela inelegibilidade, acompanhando de Nunes Marques e Mauro Campbell Marques, além do presidente da Corte, ministro Luiz Edson Fachin.

Fonte: AjuNews




Tópicos Recentes