ESPORTE

27/05/2022 as 16:23

Sorteio da Conmebol define os confrontos das oitavas de final da Libertadores e da Sul-Americana

Confrontos podem resultar em finais brasileiras

Alô Esportes

Por Rômulo Daltro Filho
<?php echo $paginatitulo ?>

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sorteou, nesta sexta-feira (27), os confrontos das oitavas de final da Libertadores e da Sul-Americana e as trajetórias das equipes até a final. A decisão da Libertadores será em 29 de outubro, no Estádio Monumental de Guayaquil (Equador), já a Sul-Americana será decidida antes, dia 1 de outobro, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Na "Liberta", o chaveamento prevê três possíveis confrontos entre brasileiros nas quartas de final, caso os clubes vençam os respectivos compromissos, além de viabilizar o que seria uma terceira decisão seguida entre times do país.

O atual bicampeão e dono da melhor campanha da primeira fase, com 100% de aproveitamento no Grupo A, o Palmeiras terá como adversário o Cerro Porteño (Paraguai), segundo do Grupo G. Caso se classifique, o Verdão poderá encarar o Atlético-MG. Líder do Grupo D, o Galo enfrentará o Emelec (Equador), que ficou em segundo na chave do próprio Alviverde.

Athletico-PR e Fortaleza podem fazer outro duelo brasileiro nas quartas, caso avancem. O Furacão, novamente, enfrentar o Libertad (Paraguai). Ambos foram adversários no Grupo B, com os paraguaios liderando o grupo pelo saldo de gols. O Leão do Pici se classificou em segundo lugar no Grupo F e será o adversário do Estudiantes (Argentina), que foi o líder do Grupo C - que teve o Red Bull Bragantino na lanterna.

Outro confronto brasileiro, caso se classifiquem, será entre as duas maiores torcidas do Brasil nas quartas de final. Primeiro do Grupo H, o Flamengo terá pela frente o Deportes Tolima (Colômbia). O vencedor pega o classificado no confronto entre Corinthians e Boca Juniors (Argentina), que se reencontram depois de se enfrentarem no Grupo E - com os argentinos ficando na primeira posição, seguidos pelo Timão.

Os jogos das oitavas serão realizados entre a última semana de junho e a primeira de julho. As datas e horários ainda serão divulgados pela Conmebol. Devido à campanha na fase de grupos, Palmeiras, Atlético-MG e Flamengo serão os anfitriões da segunda partida, enquanto Athletico-PR, Fortaleza e Corinthians realizarão os duelos de volta como visitantes.

O futebol brasileiro ficou com a taça da Libertadores em quatro das cinco edições mais recentes, sendo que as duas últimas finais reuniram somente equipes do país. Na decisão referente a 2020, realizada em janeiro do ano passado, o Palmeiras superou o Santos, no Maracanã, no Rio de Janeiro, por 1 a 0. Na de 2021, o Verdão levou a melhor novamente, desta vez sobre o Flamengo, no Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai), por 2 a 1.

A presença no mata-mata garante às equipes uma premiação de US$ 1,05 milhão (R$ 4,98 milhões, na cotação atual). Os times que avançarem às quartas de final recebem mais US$ 1,5 milhão (R$ 7,11 milhões). A classificação às semifinais assegura mais US$ 2 milhões (R$ 9,48 milhões). O finalista superado leva US$ 6 milhões (R$ 28,45 milhões), enquanto o campeão embolsa US$ 16 milhões (R$ 75,86 milhões).

Confira os confrontos da Libertadores

Libertad (Paraguai) x Athletico-PR
Fortaleza x Estudiantes (Argentina)
Emelec (Equador) x Atlético-MG
Cerro Porteño (Paraguai) x Palmeiras
Deportes Tolima (Colômbia) x Flamengo
Corinthians x Boca Juniors (Argentina)
Vélez Sarsfield (Argentina) x River Plate (Argentina)
Talleres (Argentina) x Colón (Argentina)

Veja abaixo o chaveamento do torneio:

Imagem

Sul-Americana

Os cinco clubes brasileiros que seguem na disputa da Copa Sul-Americana conheceram, nesta sexta-feira (27), o caminho rumo à decisão do torneio.

O Ceará, melhor equipe da fase de grupos, com 100% de aproveitamento, terá pela frente o The Strongest (Bolívia), que foi o terceiro colocado do Grupo B da Libertadores.

Caso avance, o Vozão poderá enfrentar um adversário brasileiro, o São Paulo, se o Tricolor eliminar a Universidad Católica (Chile). O duelo reeditará a final da Libertadores de 1993, vencida pelo clube paulista, que tinha Rogério Ceni (atual técnico e então goleiro reserva) no elenco.

O Atlético-GO está mesmo lado da chave, com a possibilidade de encarar alvinegros ou são-paulinos em uma eventual semifinal. O rival do Dragão nas oitavas será o Olímpia (Paraguai).

Os dois brasileiros restantes estão no outro lado da chave. O Santos medirá forças com o Deportivo Táchira (Venezuela) e o Internacional terá como adversário o Colo Colo (Chile). Um encontro entre Peixe e Colorado poderá ocorrer somente na semifinal.

O sorteio foi realizado na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), em Assunção (Paraguai). As partidas das oitavas estão previstas para a última semana de junho e a primeira de julho, em datas e horários que ainda serão divulgados.

Os clubes que encerraram a fase de grupos da Sul-Americana na liderança das respectivas chaves - a situação dos cinco brasileiros - fazem o duelo de volta como mandantes.

Pela presença no mata-mata, os participantes asseguram US$ 500 mil (R$ 2,3 milhões, na cotação atual). Os times que avançarem às quartas garantem uma premiação de US$ 600 mil (R$ 2,8 milhões).

Os semifinalistas terão direito a US$ 800 mil (R$ 3,8 milhões). O vice-campeão receberá US$ 2 milhões (R$ 9,5 milhões) e o ganhador leva US$ 5 milhões (R$ 23,7 milhões).

Confira

Deportivo Táchira (Venezuela) x Santos
Independiente del Valle (Equador) x Lanús (Argentina)
Colo Colo (Chile) x Internacional
Deportivo Cali (Colômbia) x Melgar (Peru)
Nacional (Uruguai) x Unión Santa Fé (Argentina)
Olímpia (Paraguai) x Atlético-GO
Universidad Católica (Chile) x São Paulo
The Strongest (Bolívia) x Ceará

Veja abaixo o chaveamento:

Imagem


Colunistas


Tópicos Recentes