POLÍTICA

08/10/2021 as 11:49

Rogério critica Belivaldo, mas não “larga o osso”! Qual é o “doce mais doce”?

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

“Sergipe não precisa de discurso político. Temos feito o nosso papel em ajudar ao Estado. A paralisia vem da falta de planejamento e perspectivas. É só ouvir o povo! Não perco tempo implorando candidaturas. Temos um desafio maior. Junto com Lula, levaremos desenvolvimento para Sergipe”. O depoimento é do senador por Sergipe, Rogério Carvalho (PT), postada em suas redes sociais, ao longo dessa quinta-feira (7), possivelmente em resposta ao governador Belivaldo Chagas (PSD), que o citou durante entrevista na FAN FM, mais cedo.

 

Aqui este colunista não vai fazer a defesa do governo ou do governador, mas com o compromisso de transmitir a verdade para o povo de Sergipe, vai analisar a “resposta” do senador petista. E, já concordando com Rogério, de fato, Sergipe não precisa de discurso político! Mas tem muitas outras coisas que o nosso Estado também não precisava ver e ouvir, como o “show de horrores” registrado, semana passada, na CPI da Covid do Senado Federal. Houve excesso de todos os lados, é verdade, mas nada justifica o “descontrole” e a “arrogância” do ilustre parlamentar...

 

Quando Rogério falou que “A paralisia vem da falta de planejamento e perspectivas”, este colunista imaginou: de que governo Rogério Carvalho está falando? Será mais um ataque ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ou à administração do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT)? Para a surpresa, possivelmente generalizada, o petista estava falando do governo do Estado, do qual o Partido dos Trabalhadores compõe desde o princípio com cargos comissionados diversos, diretorias e/ou secretarias, além de uma vice-governadora...

 

Depois mais duas falas “impactantes”: “É só ouvir o povo” e “Não perco tempo implorando candidaturas”; que “povo” Rogério ouviu? Alguém sabe? E essa de que não “implora candidatura”? Oxe! E um dia desses o senador petista não estava atrás do “galeguinho de Simão Dias” para tentar receber a “benção” para ser o pré-candidato da situação? Se Belivaldo tivesse concordado, se seu nome fosse conduzido pelo grupo governista, será que Rogério estaria tão crítico? “Junto com Lula, levaremos desenvolvimento para Sergipe” (SIC)...

 

Como perguntar não ofende ao senador petista, Sergipe deixou de ter desenvolvimento antes ou depois de ele perder o comando recente do Ipesaúde? “Temos feito o nosso papel em ajudar ao Estado”. No Senado desde 2019 e nunca se preocupou com o desenvolvimento...como assim, Rogério? “Temos um desafio maior”. Qual? O impeachment do presidente? Ou seria manter os cargos comissionados dentro do governo Belivaldo, que agora ele critica? Como o PT faz oposição em Sergipe, com um monte de CCs nomeados na gestão? É ou não é “jogar com a torcida”?

 

Em síntese, para este (ainda) jovem colunista Rogério critica Belivaldo, mas não “larga o osso”! Talvez isso não lhe incomode; mas parece incomodar a Lula, que não quer aparecer em terras sergipanas, por enquanto. Não quer perder apoios! Faz lembrar uma determinada “aula”, em que o “professor” pergunta para o “bom aluno”: “Qual é o doce mais doce”? A resposta: “O doce mais doce é o doce da batata doce!”.  Para a surpresa de todos, ele estava errado! “O doce mais doce é o doce público! Só que, quando mal aplicado, ou é indigesto ou dar uma dor de cabeça”...

 

Veja essa!

Para este colunista não há nada mais legítimo e democrático que o PT e o senador Rogério Carvalho pleitearem uma candidatura própria para o governo de Sergipe. Quanto a isso, nada demais! O que não dá é fazer discurso de preocupação com a pobreza e manter CCs dentro da gestão que agora resolveu condenar...

 

E essa!

Se o PT e Rogério estão decididos a seguir em “voo solo”, não custava um gesto “nobre” de convocar uma coletiva para a imprensa e anunciar o rompimento oficial do governo, autorizando o “galeguinho” a passar sua “caneta BIC azul” em todos os indicados pelo senador e companhia...

 

E o Lula?

Recentemente o ex-presidente Lula percorreu o Nordeste, mas estrategicamente ele parece ter “pulado” Sergipe. Aqui ele teria cerca de 69 palanques (prefeitos que apoiam o governador); se ficar com o “Doutor/Senador da República”, o líder petista arriscaria perder apoios interessantes no Estado. Por enquanto ele silenciou...

 

André Moura & Edvaldo I

Essa é para a reflexão de todos: nenhum prefeito em Sergipe foi mais beneficiado pela articulação de André Moura em Brasília (DF) do que Edvaldo Nogueira (PDT). Muitos e muitos milhões foram liberados e chegaram para obras e investimentos na nossa capital. Um bom exemplo está nas Avenidas Hermes Fontes, Adélia Franco e Heráclito Rollemberg,

 

André Moura & Edvaldo II

Já se passou mais de uma semana do julgamento do STF que, por enquanto, pode tornar André Moura inelegível, dentre outros problemas. Se viu e ouviu manifestações de solidariedade inúmeras em Sergipe, a começar pelo “galeguinho” Belivaldo Chagas, governador do Estado. De Edvaldo, o mínimo que muita gente esperava era gratidão. Quem espera sempre alcança, ou cansa?

 

Sabatina

A Assembleia Legislativa de Sergipe, através de uma Comissão Especial constituída pelo presidente da Casa, deputado Luciano Bispo (MDB), com cinco parlamentares, fará a arguição pública (sabatina), na próxima quarta-feira (13), às 15 horas, na Sala de Comissões da Casa, do Procurador-Geral do Ministério Público Especial de Contas, Luis Alberto Meneses, escolhido pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), na lista tríplice, para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, em decorrência da aposentadoria do conselheiro Carlos Alberto Sobral de Souza.

 

Igor Albuquerque I

O subsecretário-geral da Mesa Diretora da Alese, Igor Albuquerque, foi encarregado pelo presidente e deputado estadual Luciano Bispo para secretariar os trabalhos da Comissão Especial que fará a sabatina do indicado para o TCE. “Após a aposentadoria do conselheiro Carlos Alberto Sobral de Souza, conforme a Constituição de Sergipe, a indicação da vaga é feita pelo governador que deve escolher dentre os procuradores do Ministério Público Especial junto ao Tribunal de Contas e o escolhido foi o procurador Luis Alberto Meneses”.

 

Igor Albuquerque II

Feita a escolha pelo governador, a Mesa Diretora transforma a indicação em um Projeto de Decreto Legislativo e constitui uma Comissão Especial, respeitando a proporcionalidade dos blocos partidários e das legendas que compõem a Alese, quando da escolha dos membros para a sua composição. “Em uma reunião foi eleito para a presidência da Comissão o deputado estadual Zezinho Sobral (PODE); o deputado Talysson de Valmir (PL) será o vice-presidente; e o relator designado será o deputado estadual Garibalde Mendonça (MDB)”, detalha Igor Albuquerque.

 

Igor Albuquerque III

O subsecretário-geral da Mesa Diretora explica que coube ao 1o. secretário da Casa, deputado Jeferson Andrade (PSD), entrar em contato com o indicado para agendar o dia e horário da arguição pública (sabatina). “Nessa reunião da Comissão Especial o indicado poderá fazer uma exposição sobre sua trajetória pessoal e profissional, desde sua formação até sua atuação na vida pública. Os deputados que são membros da Comissão poderão fazer questionamentos e, em seguida, qualquer outro parlamentar que estiver presente, mesmo sem ser membro, se achar necessário, também poderá fazer algumas ponderações”.

 

Tramitação

Por fim, Igor Albuquerque explica que, finalizada a arguição pública, o relator da Comissão anunciará seu voto e os demais membros farão a votação do Projeto de Decreto Legislativo, pela aprovação ou não do indicado. “Uma vez que este nome esteja aprovado na Comissão, ele segue para apreciação em plenário que, em discussão única, definirá pela aprovação ou não da indicação. Com a efetiva publicação do decorrente Decreto Legislativo no Diário Oficial do Estado, caberá ao governador expedir o decreto de nomeação do novo conselheiro, quando, então, o procurador estará apto para ser empossado no Tribunal de Contas”.

 

Será restrita

A Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Alese informa, desde já, que a arguição pública ocorrerá na Sala de Comissões da Casa, na próxima quarta-feira e, ainda por conta da pandemia do novo coronavírus, todas as restrições estabelecidas pelo Poder Legislativo continuarão vigorando e as medidas de distanciamento social serão respeitadas. Luis Alberto Meneses é procurador Ministério Público Especial de Contas, admitido por concurso público, e hoje exerce a função de Procurador-Geral do MP daquela Corte de Contas.

 

“3ª via”

Em um restaurante da capital, nessa quinta-feira (8), chamava a atenção uma pequena reunião entre três nomes que trabalham uma “3ª via” para o comando de Sergipe: o deputado federal Valdevan 90, o ex-prefeito Sukita e o empresário e candidato a prefeito derrotado em Campo do Brito, Zominho. Certamente o “desenvolvimento do Estado” era o “prato principal”...

 

Ricardo Marques I

O vereador de Aracaju, Ricardo Marques (Cidadania), vai procurar informações em uma audiência com o promotor do Ministério Público, Raymundo Ximenez, sobre as investigações em torno da destituição de um servidor público, vinculado à Secretaria Municipal da Saúde, por supostamente ter desviado dinheiro do Fundo Municipal de Saúde durante cerca de seis meses. A suspeita é que ele tenha desviado aproximadamente R$ 200 mil da conta da Secretaria da Saúde para a sua própria conta.

 

Ricardo Marques II

Ricardo Marques disse que não quer acusar ninguém mas pediu mais informações sobre o caso. “Outros ilícitos penais, civis e administrativos podem ter sido praticados pelo servidor e, eventualmente, por terceiros, servidores ou não, que de algum modo tenham contribuído com o cometimento das ilegalidades. O que demanda uma apuração rápida e eficaz pelos órgãos de controle a acerca da situação ora apresentada, principalmente diante da possibilidade de desvio de verba pública federal, oriunda do Fundo Nacional de Saúde”.

 

Ricardo Marques III

Já existem representações junto ao Ministério Público Federal solicitando que uma investigação minuciosa apure como o servidor em referência teve acesso às contas bancárias do Fundo Municipal de Saúde e se também houve o desvio de verba pública federal; se é permitido legalmente que um servidor comissionado acesse as citadas contas bancárias ou se esse acesso somente seria possível a servidores efetivos; qual o valor total transferido de eventuais contas e qual o destino final da quantia?

 

Requerimento na CPI

O servidor destituído também vai ser investigado em Brasília. Um requerimento semelhante, de autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania), também foi aprovado na CPI da Covid, pedindo esclarecimento da Prefeitura de Aracaju.

 

Janier Mota I

Na luta constante por uma saúde digna e acolhedora para população, a deputada estadual Janier Mota (PL) e vereadores da cidade de Nossa Senhora da Glória participaram de uma importante reunião com a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa. Na pauta do encontro: o pedido de implementação de melhorias no Hospital Regional de Glória – unidade hospitalar integrante da Rede Estadual de Saúde –, que atende milhares de pessoas no Sertão Sergipano.

 

Janier Mota II

Com a participação da superintendente do Hospital Regional de Glória, Luísa Dantas, na reunião, foram dialogadas várias demandas da unidade hospitalar, como: o processo de implantação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI); a realização de cirurgias eletivas, o quantitativo de médicos ortopedistas; a necessidade de um cirurgião fixo para a execução de pequenos procedimentos cirúrgicos; e o funcionamento de equipamentos essenciais para o atendimento aos pacientes (ultrassonografia, tomografia, autoclave).

 

Janier Mota III

“Ciente de todas as necessidades do hospital, a secretária nos explicou de forma muito esclarecedora ponto a ponto todas as nossas reivindicações. Saímos da reunião com boas notícias e esperançosos de que, de curto a médio prazo, nossos pedidos serão atendidos, beneficiando, assim, a população do nosso Sertão. Como bem disse Mércia: ‘Sei que a angústia de quem está na ponta é grande. Por isso, levanto a bandeira do SUS até o meu último suspiro. Atenção e dignidade é um direito dos pacientes’”, afirmou Janier Mota.

 

Junior Gazeta I

Vice-presidente da Câmara de Vereadores de Nossa Senhora da Glória, José Etelvan Oliveira Junior, o Junior Gazeta, agradeceu a parlamentar por se empenhar no fortalecimento do Hospital Regional, desde quando assumiu o mandato na Assembleia Legislativa, e por intermediar a realização da reunião dos vereadores com a secretária Mércia Feitosa.

 

Junior Gazeta II

“Muito obrigada deputada, a superintendente Luísa e a Mércia pelo empenho que estão tendo com o Hospital de Glória. Nós vereadores, que estamos diariamente com a população, podemos dizer que o hospital já melhorou muito, mas precisa melhorar mais, pois a saúde precisa sempre estar evoluindo”, disse Junior Gazeta.

 

Maria Mendonça I

Ainda preocupada com a crise hídrica que atinge regiões do Alto Sertão e Agreste sergipano, a deputada Maria Mendonça (PSDB) protocolou uma Moção de Apelo, endereçada ao coordenador da bancada sergipana no Congresso Nacional, o deputado federal Bosco Costa (PL/SE). Na proposta, ela sugere que os parlamentares envidem esforços no sentido de alocar recursos destinados à duplicação da Adutora do Alto Sertão.

 

Maria Mendonça II

A parlamentar destacou o fato de que, em recente entrevista para a Xodó FM, de Nossa Senhora da Aparecida, diversos moradores e líderes de comunidades dessa região relataram o descaso que acontece constantemente no abastecimento de água. Para ela, essa falta inviabiliza não apenas o consumo humano.

 

Maria Mendonça III

“Além de enfrentar problemas relacionados à vazão e à distribuição da adutora do Alto Sertão, a comunidade sofre com rompimentos frequentes da adutora da Ilha do Ouro. “Quando essa ruptura ocorre, a manutenção dura em média de dois a quatro dias. Após isso, a previsão de retorno para o abastecimento completo dura quatro dias.  Ou seja, isso significa até oito dias sem água”, disse. 

 

Iran Barbosa I

O deputado estadual Iran Barbosa (PT), que vem acompanhando, junto com assessores do seu mandato, as audiências públicas de revisão do PDDU da capital, compreendeu a discordância de parte da população que tem participado dessas audiências e defende as reivindicações apresentadas.

 

Iran Barbosa II

“Eu já havia chamado a atenção, ainda no momento do anúncio que a Prefeitura fez do início do processo de audiências públicas de revisão do PDDU, que a quantidade sugerida, apenas oito, não seria suficiente para cobrir uma cidade com as complexidades que tem Aracaju e não daria conta de ouvir a população com a atenção que ela merece”, lembrou o petista.

 

Demissões

Chega a informação de servidores do Banese que a nova diretoria do Banese Card, indicada recentemente, estaria demitindo funcionários com mais de 10 anos de empresa sem justa causa para colocar “apadrinhados”. É importante que os superiores se atentem para isso porque esses funcionários devem servir ao povo e não apenas à diretoria. Tem muita estranhando algumas “mudanças radicais” por lá..

 

Ufa!

A Câmara Municipal de Aracaju se prepara para o retorno 100% presencial dos trabalhos legislativos a partir do próximo dia 26 de outubro. O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, Nitinho Vitale (PSD). O retorno do trabalho presencial acontece depois da vacinação em massa de servidores e parlamentares, seguindo a flexibilização dos protocolos de segurança adotados e divulgados pelo Governo do Estado, pela Prefeitura de Aracaju, com embasamento nos estudos sanitários de controle da pandemia do Comitê Técnico Científico.

 

Orientações

Nitinho explicou que a equipe administrativa e jurídica da Câmara finaliza a elaboração de um protocolo de conduta e segurança que irá orientar o funcionamento do parlamento municipal. “Ao longo dos próximos dias iremos preparar um protocolo de segurança sanitárias, seguindo os decretos estadual e municipal, para dar total tranquilidade aos vereadores, assessores, imprensa e público. No decorrer da semana, cada vereador receberá o documento com as orientações”, frisou.

 

Professor Bittencourt I

O vereador Professor Bittencourt (PCdoB) protocolou o requerimento nº10/2021 que propõe a criação da Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas idosas. De caráter suprapartidário, a Frente irá reunir os vereadores que se preocupam com a questão da defesa das pessoas idosas no município de Aracaju e que atuam, em conjunto com a sociedade civil, na defesa de propostas, políticas, projetos, programas e ações governamentais e não governamentais.

 

Professor Bittencourt II

A criação da Frente se faz necessária para que seja identificada e, posteriormente, encontre soluções para os problemas que afligem as pessoas idosas, servindo como porta-voz deste grupo e que também possam debater sobre a importância da valorização e respeito aos cidadãos com mais de 60 anos.

 

Goretti Reis I

A deputada estadual Goretti Reis (PSD) ocupou a tribuna para cobrar da prefeita de Lagarto empenho para o retorno das aulas presenciais. A parlamentar esteve com o secretário de Estado da Educação e foi informada sobre reunião com os secretários municipais para discutir a logística desse retorno às salas de aula da rede pública estadual e municipal. “Sobre a rede municipal de Lagarto, infelizmente, a prefeita optou por não retornar. Um retrocesso”, disse Goretti.  

 

Goretti Reis II

“As sequelas vividas pelas crianças no período em que ficaram afastadas das escolas é alertada por especialistas e serão percebidas ao longo do tempo por causa da ausência do convívio social, da falta de integração com os colegas e no processo ensino aprendizagem.  Hoje, graças a Deus, estamos vivendo uma redução significativa de casos de Covid em Sergipe. A rede privada já retornou. Detalhe, os recursos não deixaram de chegar ao município”, cobrou Goretti Reis.

 

Alô São Francisco I

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública para o ressarcimento da União com os gastos realizados nas eleições suplementares de 2019, no município sergipano de São Francisco. O MPF quer a responsabilização civil da ex-prefeita Altair Santos Nascimento e do ex-vice-prefeito Manoel Messias Nascimento Araújo, além da ex-secretária de finanças Maria Rosa Barbosa Araújo Nascimento, já que as eleições suplementares foram consequência da conduta ilícita deles nas eleições de 2016.

 

Alô São Francisco II

Conforme o documento, os réus devem pagar, solidariamente, mais de R$ 49 mil à União, referentes às despesas e aos prejuízos causados pelas eleições suplementares ocorridas em 2019 no município. Esse valor não inclui os gastos secundários do pleito eleitoral com energia elétrica, logística, combustível para transportar as urnas e outros.

 

Entenda o caso 

Em 2019, o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) cassou os mandatos de Altair Nascimento e Manoel Araújo após a confirmação de captação ilícita de votos, oferecimento de trabalho imediato para ajudar na campanha, promessa de emprego na Prefeitura de São Francisco, mesada mensal e realização de serviço de forramento de residência. Além disso, os ex-gestores do município sergipano ofereceram bebidas alcoólicas a duas eleitoras em troca de votos.

 

Dano material

De acordo com o MPF, os recursos públicos gastos para viabilizar a eleição anulada e suplementar caracterizam dano material. “Não é justo que a sociedade, por meio dos cofres públicos, venha a arcar com o dispêndio de valores que, não fosse a atuação ilícita dos réus, teriam sido preservados e utilizados em outras ações governamentais”, destaca o procurador da República em Propriá Flávio Matias. A ação civil pública tramita na Justiça Federal sob o número 0800286-30.2021.4.05.8504.

 

 “Renato Russo – Uma Celebração”

O show “Renato Russo – Uma Celebração” é um espetáculo musical em homenagem a um dos maiores ícones do rock brasileiro, em celebração à memória do artista, que morreu há 25 anos, em 11 de outubro de 1996. Suas composições retratam os anseios, angústias, amores e valores de toda uma geração, de forma tão apaixonante que permanecem no cenário musical e no imaginário social do país, por sua pungência e profundidade.

 

Banda Vértice

O show apresenta os maiores sucessos que o Renato Russo cantou em sua trajetória musical, tanto na inesquecível Legião Urbana quanto em sua fase solo. Em cena, a banda Vértice executa respeitosamente diversas canções, com um imenso aparato ornamental de luzes e efeitos, que vão dar ao público o prazer de vivenciar os anos de ouro do rock nacional, através do olhar sensível e enérgico deste inesquecível poeta que até hoje emociona multidões.

 

Ingressos

O Show “Renato Russo – Uma Celebração” será dia 11 de outubro, a partir das 21 horas, no Teatro Atheneu. Os ingressos estão à venda na Litoral 655 (Rua Laranjeiras -Centro), HITZ (Shopping Jardins), Bilheteria do Teatro (A partir das 13:00hs) e no Vendas On-Line: www.guicheweb.com.br. Informações: (79) 99939-7457/(79) 98800-0241

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com




Tópicos Recentes