POLÍTICA

21/09/2021 as 22:25

TSE mantém cassação da Deputada Diná Almeida

Com a decisão a deputada terá afastamento imediato da Alese

<?php echo $paginatitulo ?>

Na noite desta terça-feira 21/09, o Tribunal Superior Eleitoral julgou e por 7 votos manteve a cassação do mandato da Deputada Diná Almeida, sem recurso. Com a decisão a deputada terá afastamento imediato da Assembleia Legislativa do estado, o substituto será definido pela justiça eleitoral (Gracinha Garcez é a primeira suplente).

No mesmo processo o seu esposo, o ex-prefeito Diógenes Almeida também teve os seus direitos políticos cassados.

Em outubro de 2019 o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou o mandato da deputada estadual Diná Almeida (Pode), esposa do prefeito Diógenes Almeida, de Tobias Barreto, quando os membros do TRE concluíram o julgamento das ações judiciais movidas pela Procuradoria Regional Eleitoral [órgão vinculado ao Ministério Público Eleitoral] e, por maioria, decidiram pela cassação do mandato da parlamentar. No mesmo procedimento, os membros do TRE votaram para tornar inelegíveis a parlamentar e também o esposo dela, Diógenes Almeida, então prefeito de Tobias Barreto.

A deputada estadual é acusada de utilizar a estrutura da Prefeitura de Tobias Barreto e também de programas sociais do Governo Federal em favor da campanha, além dessas acusações, foram destacadas irregularidades no financiamento de campanha.

De acordo com os autos, verificou-se que a maioria das pessoas que fizeram doações de recursos em favor da campanha da deputada é formada por servidores públicos, com vínculos com a prefeitura de Tobias Barreto e que não possuem renda compatível com os valores doados.

 

Fonte: Portal Sergipano




Tópicos Recentes