POLÍTICA

22/02/2021 as 16:18

Volta do auxílio emergencial será pauta prioritária na Câmara, diz Laércio

Em entrevista concedida ao Programa Liberdade Sem Censura nesta segunda-feira, 22, o deputado estadual Laércio Oliveira (Solidaderiedade) explicou em detalhes a importância da votação e a possibilidade da volta do auxílio emergencial.

Reprodução (Internet/SindjufSE)<?php echo $paginatitulo ?>

 

A votação das Lei Orçamentária Anual de 2020-2021, começa hoje, na Câmara dos Deputados e Senado Federal. Em entrevista concedida ao Programa Liberdade Sem Censura nesta segunda-feira, 22, o deputado estadual Laércio Oliveira (Solidaderiedade) explicou em detalhes a importância da votação e a possibilidade da volta do auxílio emergencial.

 

Laércio destacou a importância da votação orçamentária, na qual são decididos a liberação de verbas para diferentes setores da sociedade. "Hoje em dia os estados e os municípios não conseguem cumprir suas metas e seus planos que contemplem a necessidade da população como um todo. Porém, cabe ao poder público promover essas ações, como: saneamento básico, orçamento de ruas, infraestrutura, saúde, educação, segurança pública, desenvolvimento regional, turismo para áreas com grande potencial, agricultura familiar que é muito importante nesse momento. Tudo isso é política pública e tudo isso precisa de recursos", explicou.

 

Já sobre a função dos parlamentares neste processo, o deputado garantiu que a manutenção de bons relacionamentos entre legislativo e executivo é essencial. "O grande papel dos parlamentares na questão do orçamento é buscar esses recursos e fazer com que eles cheguem ao nosso Estado, ajudando os governos do estado e ajudando os prefeitos municipais. É uma relação que se constrói de acordo com a expertise, de acordo com  o relacionamento de cada um, a influência e na tramitação das questões do governo central", disse.

 

O deputado se mostra confiante sobre a volta do auxílio emergencial, sobretudo após a reunião entre o Ministério da Economia, o Palácio e os representantes da Câmara e do Senado que acontecerá no dia de hoje. 

 

"Existe uma discussão e uma disposição para que se volte o mais rápido possível o auxílio emergencial por ser uma necessidade que a população tem, apesar de entender os problemas que o governo enfrenta em questões de orçamento. Neste momento, o poder público precisa estar presente. Estamos totalmente comprometidos com isso e a Câmara vive um momento muito positivo nesse sentido e vivemos este momento. Tenho a impressão de que nesses dias, teremos decisões importantes para conseguirmos comunicar a sociedade como um todo, fazendo com que o parlamento cumpra o seu papel em benefício da população brasileira", concluiu.


Isabella Kassan
Jornalista AlôNews




Tópicos Recentes