POLÍTICA

13/01/2021 as 04:30

Christiano lança Mitidieri ao governo e deixa Sukita “verde” de raiva!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Para quem acompanha os bastidores da política sergipana começa a perceber que o período de “calmaria” parece estar indo embora junto com os festejos de final de ano. Em alguns municípios, as eleições de novembro passado ainda não terminaram, pelo menos junto ao Poder Judiciário e, principalmente, no “campo minado” das redes sociais. Para “esquentar” o cenário agora a pauta de todas as rodas políticas é a sucessão do governador Belivaldo Chagas (PSD).

 

Na base governista, o nome mais citado ainda é o do conselheiro do Tribunal de Contas, Ulices Andrade, mas pelo cargo que exerce ele não pode e nem comenta assuntos políticos; mas além dele, outro nome muito “ventilado” é o do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), que pode deixar o comando da gestão em abril do próximo ano para disputar o Executivo Estadual. Outro que também é muito bem citado é o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), que ainda não se manifestou a respeito...

 

Mas, nessa terça-feira (12), em uma entrevista no rádio, o ex-prefeito de Ilha das Flores e presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES), Christiano Cavalcante (PSC), já lançou Mitidieri como candidato ao governo, anunciando que gostaria de votar nele em 2022. Christiano é aliado de André Moura, que hoje é desafeto político do ex-prefeito de Capela, Sukita (PRB), cidade hoje gerida por Silvany (que já foi Sukita) Mamlak (PSC), esposa de Christiano e ex-mulher de Sukita...

 

A declaração caiu como uma “bomba” dentro de Capela porque quem tem uma parceria política antiga com Mitidieri no município é justamente o “amarelo” do Sukita, que ficou “verde” de raiva e respondeu em um áudio que circulou pelos grupos de redes sociais de todo Estado. Christiano e Sukita já vivem em conflito a algum tempo, acirrando os ânimos entre os populares do município. A troca de “farpas” é constante após a separação e novo casamento...

 

Christiano fala em processar o ex-prefeito mais uma vez; Sukita, por sua vez, enfatiza que desde 2014 acreditou no projeto político de Fábio Mitidieri, que o deixa a vontade para escolher seus aliados, mas que quer ouvir sua posição política e que ele e seu agrupamento jamais estarão no mesmo palanque de Christiano, enfatizando que em Capela “quem é verde, é verde; e quem é amarelo é amarelo”; essa querela municipal é forte, tem peso e deve sim ser respeitada.

 

Ainda em Capela onde a eleição segue judicializada e os ânimos estão bastante acirrados. O interessante é que Christiano lança Mitidieri, que silencia, e Sukita rebate do outro; mas ninguém ouviu uma manifestação do “dono da bola”: o “galeguinho” Belivaldo Chagas tende a ser o governador até o final de 2022 e certamente vai querer liderar esse processo de sucessão. E Mitidieri que tenha cuidado: entre “verde” e “amarelo”, para no final não ficar “vermelho”, de raiva...

 

Veja essa!

A política de Sergipe passa por uma grande transformação: o presidente da FAMES, Christiano Cavalcante (PSC), aliado de primeira hora de André Moura (PSL), lança Fábio Mitidieri (PSD) para governador em 2022 e manifesta o desejo de votar nele.

 

E essa!

Já o ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita (PRB), não deixou por menos e lembra que desde 2014 apoia Mitidieri e que também tem intenção de votar nele para governador, mas que jamais estará no mesmo palanque de Christiano.

Verde x amarelo

No áudio que circulou pelas redes sociais, em que contesta Christiano, Sukita diz que em Capela “quem é verde, é verde; e quem é amarelo é amarelo”. Com todo respeito, o município já teve melhores opções...

 

Fala Mitidieri!

Lançado candidato a governador por Christiano Cavalcante, Mitidieri precisa se manifestar, até para acalmar o aliado Sukita, que ficou “verde” de raiva com a manifestação de apoio de seu desafeto político.

 

Capela veia doida!

O município entrou em “ebulição” após a troca de farpas do ex-prefeito com o esposo da atual prefeita. A discussão foi enorme entre apoiadores dos dois lados e até do que acompanham o ex-prefeito Ezequiel Leite. Politicamente, Capela está fervendo...

 

E galeguinho?

Como perguntar não ofende ninguém, setores da imprensa estão propagando as manifestações de Christiano, Sukita e cobrando uma posição de Mitidieri, mas ninguém lembrou de perguntar o que o “galeguinho” Belivaldo Chagas acha?

 

O “dono da bola”

Vale lembrar que Belivaldo é o governador até o final de 2022, a menos que haja uma decisão judicial contrária. Será que ele não vai querer liderar esse processo político que trata de sua sucessão? E já se confirmou o nome de Mitidieri como o candidato a governador do agrupamento?

 

E quem será o vice?

E sendo um pouco mais curioso, se Mitidieri disputar o governo, quem será seu candidato a vice? Seria um nome da capital ou do interior do Estado? Vão formar uma “chapa caseira” ou vão tentar atrair alguém de “fora da base” para somar?

 

Visita ao DEM

O presidente estadual do Democratas, José Carlos Machado, e a senadora Maria do Carmo, receberam o prefeito do município de Nossa Senhora dos Dores Mário da Clinica e o suplente de deputado estadual Breno Silveira. Na ocasião, a senadora se prontificou em buscar recursos no senado federal para as melhorias no orçamento do município. Também no encontro, Machado debateu com os convidados sobre a política em nosso estado.

 

Sem choradeira! 

Este ano, os municípios sergipanos receberam recorde de recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o montante de recursos foi o maior desde 2003. A cidade de Tobias Barreto, por exemplo, recebeu R$ 600 mil a mais. Portanto, fica o recado para os novos gestores: falta de recursos não é o problema.

 

José Carlos Machado I

O ex-deputado federal José Carlos Machado criticou o aumento do preço do botijão de gás de cozinha em 6% e ressaltou que, desde que Michel Temer assumiu o governo, a alta já ultrapassa 66%. Tendência é que botijão de gás chegue a R$ 200 este ano e obrigue mais famílias a usar lenha para cozinhar.

 

José Carlos Machado II

Machado lembra que durante a campanha eleitoral em 2018, o presidente Jair Bolsonaro prometeu baixar para apenas R$ 30 o valor do botijão no seu mandato. Três anos depois, segundo pesquisa de preços realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o botijão de 13 quilos custa, em média, R$ 74,42 na capital – com valores de R$ 69,99 a R$ 93. Caso o aumento seja totalmente atribuído aos consumidores, os preços podem ficar entre R$ 74 e R$ 98.

 

José Carlos Machado III

Segundo especialista, conter o aumento do gás de cozinha a curto prazo é difícil e improvável, “O GLP está deixando de ser um produto de utilidade pública, por causa do alto preço, as famílias em miséria absoluta só crescem no Brasil, contradizendo todo discurso de energia barata do governo. Nunca o preço foi tão alto. Isso é quase monopólio”, informa Machado.

 

Venda fracionada

A venda fracionada pode reduzir o preço de gás de 30% a 40%, segundo especialistas. No início da atual gestão do governo Bolsonaro, o Presidente da ANP se comprometeu com a possibilidade de venda fracionada, passado dois anos nada. “É difícil, mas esperamos que aconteça”, diz Machado. Assim como ele, milhões de brasileiros também esperam por isso.

 

Alô ANP!

Esse modelo já existe em vários países, inclusive nos Estados Unidos. Para ele, a própria Agência Nacional do Petróleo faz vista grossa em relação aos constantes reajustes, fazendo com que aos brasileiros reste apenas a esperança de que o ministro da Economia, Paulo Guedes, cumpra a promessa de baixar o preço do gás de cozinha. 

 

Projetos

Quando deputado federal Machado apresentou dois projetos voltados ao consumo do gás de cozinha: um deles visava à venda fracionada do gás. Projeto de lei 5120/2005, proposto em 2006 atenderia o desejo do consumidor, mas enfrenta a resistência das distribuidoras. Ele argumenta que o projeto traz vantagens sob a ótica econômica e é de grande interesse social, já que as maiorias absolutas dos lares brasileiros usam gás de cozinha. Para ele, além de aliviar o peso do botijão no orçamento familiar, dilui o que Machado considera ser um monopólio na distribuição.

 

Alta nos preços

Aumento começou a valer para distribuidoras e há chance de impacto no bolso do consumidor nos próximos dias. É a 11º alta em nove meses. “Com isso, quem lucra são as distribuidoras e quem perde são os milhões de consumidores”, afirma Machado, que tem uma história de luta nesse sentido durante seus dois mandatos na Câmara. Machado também lembra que são cerca de 37 milhões de botijões comercializados ao mês no país. “Um real a mais no preço do botijão representa um aumento de quase R$ 400 milhões ao ano para as distribuidoras”, contabiliza. 

 

Gustinho & Lira I

O deputado federal Gustinho Ribeiro, vice-líder do Governo na Câmara, acompanha o deputado federal Arthur Lira em viagem por todo o País. O deputado sergipano faz parte da equipe de coordenação de campanha de Lira para presidente da Câmara, que pretende visitar os deputados em suas bases nos próximos dias em busca de votos.

 

Gustinho & Lira II

Gustinho vem se destacando na Câmara pela capacidade de articulação. “Recebi o convite para fazer parte da equipe e Lira me convidou para viajar com ele pelo País para um diálogo mais próximo com os deputados. Aceitei porque entendo que ele irá dar ainda mais força ao projeto de mudança e fazer com que a Câmara seja independente, porém de forma harmônica com os demais poderes”, afirmou o deputado.

 

Gustinho & Lira III

Para Gustinho Ribeiro, Arthur Lira reúne aquilo que é mais importante para a Câmara, a boa relação com o Governo e a coragem para defender as prerrogativas do parlamento sempre que for necessário. “Ele tem a capacidade necessária para construir consensos e respeito às diversas bancadas da Câmara. E essas qualidades são importantes para o futuro presidente da Casa”, garantiu.

 

Eduardo Amorim

Em entrevista ao programa Impacto, apresentado pelo radialista Gilmar Carvalho, na Rádio Jornal FM, o presidente do PSDB, o médico Eduardo Amorim, lembrou que já faz uma década desde que colocou a primeira emenda para o Hospital do Câncer, mas ainda não foi construído. Ele também ressaltou que o PSDB vem se reorganizando e reestruturando em Sergipe e no Brasil. Em sua visão, o partido, em meio a erros e acertos, tem sua marca e história e muito contribuiu com o país e Sergipe.

 

Gilmar no PSDB

Eduardo Amorim confirmou os convites do PSDB a alguns nomes, a exemplo de Milton Andrade, João Marcelo e Danielle Garcia. “Inclusive, Gilmar, deixo aqui o convite para que, no período permitido, você venha se filiar ao PSDB. Tenha certeza que, se você estivesse aqui, teria sido candidato a prefeito de Aracaju na última eleição”, enfatizou.

 

Oposição responsável

Eduardo destacou ainda a importância de uma oposição responsável e forte para a população. “Mostra que não somos farinha do mesmo saco, somos a boa farinha, que defende o interesse do cidadão. Por isso é preciso valorizar esses soldados, que condenam o que é ruim e apoiam o que é bom. Por exemplo, ressalto aqui uma coisa boa que o governo anunciou recentemente, que foi o Hospital de Pediatria, coisa que eu pensei em fazer enquanto secretário, mas não consegui”, salientou.

 

Hospital do Câncer

Médico por formação, Eduardo Amorim defendeu a saúde enquanto parlamentar. Um exemplo disso foi a luta para a construção do Hospital do Câncer de Sergipe. “Fazem 10 anos que coloquei a primeira emenda para Hospital do Câncer. Como não foi iniciada a construção, recursos foram perdidos, mas ainda tem dinheiro na conta. Nesse período muitos sergipanos perderam suas vidas por conta da doença. O deputado Georgeo Passos, inclusive, disse que o valor já rendeu R$ 15 milhões. Espero que o governador cumpra o que anunciou e construa o hospital", declarou.

 

Centro de Diagnóstico

Outra defesa na área da saúde em Sergipe é a implementação de um Centro de Diagnóstico Por Imagem. “Que funcione 24h por dia para que as pessoas possam realizar seus exames. Continuo defendendo a sua importância para a saúde. Meios para isso têm o que falta é prioridade”, concluiu.

 

Maria do Carmo I

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) destacou a necessidade do Congresso Nacional pautar, como prioridade, algumas propostas que já tramitam há anos, dentre elas está o Pacto Federativo entre a União, Estados e Municípios. O Projeto visa equilibrar demandas/obrigações e compensações financeiras repassadas aos entes federados.

 

Maria do Carmo II

“Há, historicamente, uma enorme incompatibilidade entre o que Estados e Municípios têm como obrigação constitucional e o que recebem financeiramente para executar as suas demandas. A cada ano esses compromissos aumentam, enquanto os repasses de recursos ficam muito aquém das necessidades dos gestores”, disse Maria do Carmo.

 

Maria do Carmo III

A senadora citou que o desequilíbrio se sustenta na forma desnivelada do rateio dos recursos arrecadados com impostos. Do montante apurado, cerca de 58% ficam nos cofres da União, 27% vão para os Estados e 15% para os municípios. “Esse desequilíbrio na partilha do bolo financeiro gera inúmeros problemas de ordem econômica e social que precisam ser administrados pelos gestores, especialmente, pelos prefeitos que estão mais próximos da população e são obrigados a garantir serviços de saúde, educação, limpeza urbana, segurança pública, dentre tantos outros”, afirmou Maria.  

 

Bomba!

Como se não bastasse a qualidade da comida servida nos presídios, conforme denúncia do deputado estadual Capitão Samuel, eis que chega para este colunista a notícia de um “colapso iminente” dentro do Sistema Prisional sergipano, com a disseminação da COVID-19.

 

Exclusiva!

A informação é que após a SEJUC liberar a entrega de mercadorias, visitas de familiares (inclusive íntimas) e atividades ressocializantes, os casos de COVID explodiram. Em uma das alas do Presídio Feminino, composta por 17 celas, em 14 delas foram confirmadas internas infectadas.  

 

Caos total!

Segundo alguns agentes, preocupados com a situação, faltaram testes e as equipes da UFS teriam sido contatadas, em caráter emergencial. Há uma preocupação pelo fato do vírus infectar os agentes prisionais que, se forem afastados de seus postos, como ficará a segurança nos presídios?

 

Não testa?

Os agentes denunciam ainda que, supostamente para evitar maiores problemas, a Sejuc não estaria examinando/testando os servidores como determina os protocolos de segurança. A revolta é que, infectados, os agentes também podem transmitir os vírus para seus familiares e entes queridos, muitos inclusive, dentro do grupo de risco. Com a palavra a Sejuc...

 

Olha a Renascer!

Lembram-se da novela da Rede Globo? A Fundação Renascer mais parece um órgão “à parte” da administração do Estado. Lá se pode tudo! Nos últimos 10 meses já passaram por lá quatro diretores administrativo/financeiro! E tudo leva a crer que o atual já está arrumando, ou melhor, nem vai arrumar a sala!

 

Galeguinho, galeguinho...

Um dos ex-diretores saiu ao se negar assinar pagamentos irregulares de uma empresa que deverá ser contemplada nós próximos dias, com a prorrogação do seu contrato! Não custa lembrar que essa empresa é aquela que recebe por serviços não prestados de acordo com a previsão contratual e que nunca paga os  funcionários em dia.

 

Olha ela aííí!

É a mesma empresa que já teve seu contrato prorrogado mesmo estando penalizada por outro órgão público por descumprimento contratual, e onde estão lotados os “amigos, companheiros e familiares” do Senhor presidente, conforme tudo já relatado aqui por esta coluna, que continua a disposição para qualquer desmentido!

 

Alô Sefaz!

Essa é a mesma empresa que também emite as faturas todos os meses, mesmo sem ter prestado o serviço, com o objetivo de iniciar o prazo de inadimplência do Estado! Será que a Secretaria da Fazenda está “nadando em dinheiro” para financiar uma empresa privada (Ankora) que só efetua o pagamento dos funcionários quando recebe o dinheiro público?

 

Novela Renascer I

Um ex-servidor da Fundação, decepcionado com a conduta do atual gestor, fez o seguinte desabafo: “lá diretor não manda em nada! Quem determina as questões administrativas da Fundação é a Senhora Crerlin (comadre do presidente)! Já as questões operacionais tem a intervenção da Senhora Larissa (filha de Crerlin)”!

 

Novela Renascer II

Conclui o ex-servidor: “a presidência é manipulada e conduzida de forma ‘camuflada’ pelo Senhor Luiz Alberto (advogado da Fundação e advogado de fato da empresa Ankora (PASMEM), que se anuncia como afilhado do deputado federal Laércio Oliveira e que viabiliza os pareceres das procuradoras do órgão da forma que lhe convier”.

 

Novela Renascer III

Chegou também a informação de um dos integrantes do sindicato que os trabalhadores foram procurados, de forma desesperada, pelo atual presidente, propondo uma parceria, algo que durante os últimos anos jamais ocorreria, com ofertas de pagamentos de gratificações, horas-extras e outras coisas. Indo na contramão de tudo o que fez para prejudicar os efetivos do órgão...

 

“Faz de conta”

A informação é que o sindicato vai “fazer de conta” que acredita em mais uma “fantasia maliciosa” do presidente e vai deixar para ver até onde a “corda vai esticar”. Tudo isso não passa de uma ação desesperada de um gestor público que, para não sacrificar os “gordos salários” pagos indevidamente aos seus apadrinhados, tenta camuflar as despesas do órgão para se segurar no cargo! Galeguinho, galeguinho...

 

Olha a Rebelião!

O clima dentro da Fundação Renascer é tão tenso e de insatisfação que todos os auxiliares, prestadores de serviços, diretores de unidades e demais colaboradores e terceirizados, exceto os “apadrinhados” (que recebem por serviços que não estão capacitados de executar), reclamam da falta de pagamento de seus salários, dos vales-transportes e do auxílio-alimentação. 

 

Olha a Ankora!

A empresa Ankora, por exemplo, está com férias vencidas de funcionários e, ainda assim, deverá ser “premiada” com a prorrogação do seu contrato! Também, com o “padrinho” que ela tem lá dentro, tudo é possível! A verdade é que os técnicos não são ouvidos e prevalece sempre o desejo da trinca (Luiz Alberto, Crerlin e Larissa)! A revolta é geral na Fundação, as manifestações por enquanto são silenciosas, mas o comentário por lá é que ninguém tem mais estímulo e nem produtividade!

 

Finge que paga...

“O caos na Fundação Renascer parece irreversível! Os terceirizados da limpeza e manutenção estão há quase 30 dias sem transporte para ir trabalhar e já somam mais de 15 dias que comparecem e fazem de conta que trabalham, gerando um prejuízo imenso para os cofres públicos”, desabafa um diretor de uma unidade altamente contrariado, ou seja, por lá a turma finge que paga e a outra finge que trabalha...

 

Até na comida!

Outro servidor, que prefere não identificar, denuncia: “a comida arruinada não é uma questão atual da Fundação, mas desde a outra empresa que ganhava sem licitação, tudo arrumado por Larissa (afilhada do presidente). A comida não presta aqui!”, desabafa. “Essa conversinha do presidente que a outra empresa de alimentação  entrou na Justiça e ganhou para voltar a fornecer a alimentação é mentira! A questão é que essa Larissa não tem capacidade para exercer a função em que se encontra com um alto salário”, desabafa outro servidor descontente!

 

Autossuficiente

Com o presidente aparentando desequilíbrio emocional para continuar exercendo a função, e diante de uma estrutura estadual completamente controlada pelo governador, é mais do que necessário “reconhecer a autossuficiência” da Fundação, sendo a única do Estado atuando normalmente com suas próprias decisões. Toda essa “novela” consta no relatório de um ex-diretor exonerado por não acatar esse modelo de gestão. Lucivanda, Lucivanda...

 

Inadimplentes

De acordo com os números estudados pela assessoria executiva do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac de Sergipe, 9,5% das famílias sergipanas estão em condição de inadimplência (quando mesmo com os recursos disponíveis para o mês, não há condições de pagar as contas). Isso significa dizer que 20.466 unidades familiares não podem arcar com seus compromissos no período próximo.

 

Laércio Oliveira

“No momento mais complicado da pandemia, esse número chegou a ser de mais de 32 mil famílias”, expõe o presidente do Sistema, Laércio Oliveira. Atualmente, 154.600 famílias se encontram com algum tipo de compromisso a ser pago em prazo futuro. Diante deste cenário, destaca-se a pergunta: é possível alcançar a tranquilidade financeira? O consultor financeiro, Marcio Souza, alerta que é possível sim, planejar, organizar e controlar o dinheiro. Seja para quitar dívidas, criar uma reserva ou investir.

 

Consultor financeiro

“Para quem se encontra nesta situação, a primeira atitude a ser tomada é organizar estas contas. Deve-se anotar todas com detalhes, saber os valores de cada, qual tem multa ou juros, qual o tempo de atraso, e o valor total das dívidas. Assim você terá noção de sua real situação e saberá por onde deve começar a resolver. Essa resolução deve ser iniciada sempre pela dívida com maior juros, assim consegue-se um freio na dívida que mais está crescendo. Um detalhe importante: priorize e pague uma dívida por vez. Geralmente é assim que temos os melhores resultados, pois dá para negociar e conseguir bons descontos na quitação de débito”, explica Marcio Souza.


Psicologia UNIT I

O ano de 2020 foi desafiador. Após o anúncio da necessidade de distanciamento social por conta da pandemia do novo coronavírus e do início do trabalho em home office, a equipe da Clínica de Psicologia da Universidade Tiradentes criou o plantão psicológico online para atender não somente a cidade de Aracaju, mas a todos os municípios sergipanos e até pessoas de outros Estados.

 

Psicologia UNIT II

Segundo a psicóloga Jamille Figueiredo, preceptora e responsável técnica da Clínica-escola de Psicologia da Unit, no primeiro semestre de 2020, foram beneficiadas 452 pessoas com os atendimentos online na modalidade individual. Já no segundo semestre foram 472 pacientes/clientes atendidos. A clínica de psicologia retomou as atividades na primeira semana de janeiro com realização de inscrições para o início do processo de psicoterapia.

 

Inove Notícias

O radialista Kléber Alves e seu programa jornalístico Inove Notícias, na Rádio Cultura, recebem o prêmio “Destaque Rádio” na categoria “Revelação de 2020”, em evento a ser realizado no próximo dia 20, a partir das 19 horas. Kléber é um profissional da “nova geração” do rádio sergipano, com muita disposição e coragem e pouca vaidade. Circula bem no meio político e tem tudo para despontar cada vez mais. Um reconhecimento muito justo pelo trabalho desenvolvido.

 

Zona de Expansão

O presidente da Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo (ADCAR), José Firmo, não esconde sua preocupação com o anúncio de que, a Avenida Inácio Barbosa, antiga rodovia José Sarney, vai passar a ser mão única aos domingos e feriados. A medida começa a valer domingo (17) e Firmo alerta que o trânsito do sentido contrário será deslocado para a Rodovia dos Náufragos, que atravessa a parte interna da comunidade. “A rodovia dos Náufragos já matou e já mutilou muitos moradores daqui. Essa mudança vai fazer com que todo o trânsito sentido Sul/Norte seja deslocado para dentro do povoado”, alerta.

 

Flávia Félix I

Quem completará mais uma primavera na próxima quarta-feira (20), é a delegada Flávia Félix. Atualmente diretora da Adepol/SE, a delegada começou muito cedo na Segurança Pública, onde atuou por 4 anos como agente de polícia e está há 14 anos na atual função.

 

Flávia Félix II

Formada em Direito pela UFS, pós-graduada em Violência, Criminalidade e Políticas Públicas, a delegada de Polícia já foi lotada em diversos municípios, a exemplo de Boquim, Propriá, Malhador, Moita Bonita, entre outros. Por causa da pandemia, a comemoração será intimista com o analista de sistema, Pablo Mororo, com quem é casada há cinco anos. A coluna deseja muitas felicidades!

 

Copa Saudoso Tuca

Devido às circunstâncias da pandemia, a terceira edição da Copinha de Futsal Saudoso Tuca, apoiada pelo vereador Anderson de Tuca, do PDT, não acontecerá em janeiro, como de costume. A Copinha faz parte do projeto Esporte na Praça, também incentivado pelo vereador, que incentiva jovens de 13 a 17 anos a praticar esporte e ocupar as praças da cidade. 

 

Gustavinho Playboyzinho

O novo disco de Gustavinho Playboyzinho 'Verão 2k21' acaba de ser disponibilizado em todas as plataformas digitais e os fãs do cantor podem ouvir e baixar. O CD conta com a nova roupagem do sucesso ‘Deixa eu superar’ e o hit 'Pegou e Tchau' que o artista gravou com Paulinha Abelha. As músicas estão estouradas nas rádios, redes sociais e entrando nos repertórios de diversos músicos. O segundo disco de Gustavinho foi gravado no DR5 Estúdio e produzido pelo produtor musical Maurício Santos. O repertório tem o clima do verão com hits inéditos e regravações.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com




Tópicos Recentes