POLÍTICA

29/10/2020 as 12:00

Doria só não quebrou SP por causa da ajuda do governo federal, afirma Bolsonaro

Bolsonaro diz ter ajudado São Paulo, porém o volume de transferências federais para investimentos no estado caiu 90% na comparação com o último ano do governo de Michel Temer

<?php echo $paginatitulo ?>

presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), "só não quebrou" o Estado por causa do ajuda dada pelo governo federal na forma do auxílio emergencial, recursos a pequenas e micro empresas, rolagem da dívida, compensação da perda de ICMS e socorro ao setor de turismo.

 "Imagina se tivesse o Doria como presidente. Esse da vacina obrigatória, que fechou tudo em São Paulo e só não quebrou São Paulo dado ao auxílio do governo federal", disse Bolsonaro a apoiadores nesta quarta-feira (28) à noite. Bolsonaro também voltou a insistir que o governador durante a pandemia aumentou impostos. "Aumentou tudo, tudo que possa imaginar, e ainda fala em obrigar tomar a vacina. Que lunático!", disse o presidente.

Segundo o governo estadual, o pacote de ajustes fiscais aprovado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) neste mês autoriza o governo estadual a revogar os benefícios fiscais concedidos sobre a arrecadação do ICMS e não a aumentar a alíquota. Na terça-feira (27), Doria afirmou que "São Paulo não fez e não fará nenhum aumento de imposto".

Vale lembrar que o volume de transferências federais para investimentos em São Paulo caiu 90% com a chegada de Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto na comparação com o último ano do governo de Michel Temer. Segundo dados do orçamento municipal, a União repassou à capital paulista R$ 21,4 milhões este ano, ante R$ 223 milhões em 2018.




Tópicos Recentes