11/06/2021 as 05:35

Futebol, politica e STF receita que deu aval a Copa América.

Ministros do STF formam maioria para autorizar a Copa América no Brasil

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu rejeitar os pedidos de cancelamento da Copa América no Brasil e o torneio foi confirmado para iniciar neste domingo (13), reunindo delegações e profissionais de imprensa de dez países. A final está marcada para 10 de julho. Ainda nesta quinta, Ambev, Mastercard e Diageo anunciaram retirada de suas logomarcas do campeonato continental de seleções. A sessão foi virtual e julgou duas ações, ambas rejeitadas por maioria do pleno. Foi apreciada a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 849, da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM), e o Mandado de Segurança (MS) 37933, do PSB e do deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG). As duas ações argumentavam que o torneio traz riscos à saúde pública diante da pandemia. O PSB afirmou que a “permissão” ou “facilitação” do governo para realização do evento representa “temeridade” e “descaso” por parte das autoridades em meio à fase mais aguda da pandemia. A CNTM aponta que a vinda de delegações estrangeiras ao Brasil aumenta o risco de propagação da covid-19 no país. A ministra Cármen Lúcia foi a relatora das duas ações, emitindo parecer contrário a ambas. Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Rosa Weber, Luiz Fux, Roberto Barroso e Nunes Marques acompanharam a relatora nas duas decisões. Ricardo Lewandowski foi no mesmo sentido, mas colocou ressalvas no parecer sobre a ação dos metalúrgicos.

Alexandre de Moares também acompanhou com ressalvas a relatoria na ação da CNTM, mas divergiu na do PSB votando favoravelmente ao pedido de mandado de segurança. Já Edson Fachin seguiu Cármen Lúcia nos metalúrgicos e divergiu sobre o mandado de segurança. Ricardo Lewandowski afirmou ser necessário que os governos federal, estaduais e municipais ligados ao evento apresentem, em 24 horas, um plano para realização segura da competição. A Copa América será disputadas em quatro cidades: Rio de Janeiro, Cuiabá, Goiânia e Distrito Federal. O ministro afirmou que o anúncio da disputa dos jogos continentais no país causou perplexidade. “Salta à vista que a decisão de realizar a Copa América 2021 no Brasil foi tomada pelo governo federal e, supostamente, por alguns entes subnacionais, em um prazo extremamente curto, ou seja, pouco antes de sua inauguração, mesmo diante do risco de enfrentar-se, proximamente, uma terceira onda da pandemia (…), com a perspectiva de seu agravamento no país.” Acrescentou que “a maneira repentina como foi anunciado o acolhimento da Copa América 2021 em nosso país revela, ao menos num primeiro olhar, que a decisão foi levada a efeito sem o necessário amparo em evidências técnicas, científicas e estratégicas”. Para o ministro, ao que tudo indica, a decisão “não se baseou em estudos prévios nem em consultas aos demais atores nacionais ou mesmo internacionais envolvidos no combate à doença”, como a Organização Mundial de Saúde”.

A Mastercard afirmou ter optado por não “ativar” o patrocínio na Copa América. Assim, retirou a logomarca de estádios, telões, entrevistas e demais itens do torneio. Porém, a empresa acrescentou que vai honrar o contrato, ou seja, continuará financiando a competição. É a primeira vez que a Mastercard toma uma decisão como essa desde que começou a patrocinar o campeonato, em 1992. Também a Ambev, dona das marcas de bebidas Brahma, Skol, Antartica, Budweiser, Corona e Stella Artois, e a Diageo (Smirnoff e Tanqueray), informaram o mesmo. Só a cervejaria, porém, deixou claro que vai continuar pagando pelo patrocínio acordado com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), organizadora da competição. Para o cientista político e membro do Instituto de Advogados Brasileiros (IAB) Jorge Rubem Folena, o presidente Jair Bolsonaro, responsável direto pela transferência da Copa América ao Brasil, utiliza o torneio como uma provocação. Coloca-se, mais uma vez, contra as medidas de distanciamento necessárias para conter a transmissão da doença. A aposta é criar “um estado de caos”, estabelecendo um “confronto político constante”. Assim que houve o anúncio da realização do campeonato em campos nacionais, surgiu um movimento dos jogadores da Seleção que foi inicialmente visto como uma espécie de ameaça de boicote. Os indícios acabaram assim que foi confirmado o afastamentodo presidente da CBF, Rogério Cabloco, sob denúncias de assédio sexual. Logo os jogadores assinaram uma nota dizendo que jogariam sob protesto.

COVID-19

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou nessa quinta-feira, 10, o boletim epidemiológico do coronavírus, com 1.349 casos, um óbito nesta quinta e 23 mortes que estavam em investigação e foram confirmadas. Em Sergipe, 248.490 pessoas já testaram positivo para a Covid-19 e  5.319 morreram. Até o momento,   229.728 pacientes foram curados. Foram realizados 507.506 exames e 259.016 foram negativados. Estão internados 806 pacientes, sendo que no serviço público são 226 em leitos de UTI (adulto), sete na UTI neonatal/ pediatria e 227 em leitos clínicos (enfermaria), totalizando 460. Já nos leitos do serviço privado estão internados 170 pessoas na UTI adulta, quatro na UTI neonatal/ pediatria e 172 em leitos clínicos, totalizando 346. São investigados mais 11 óbitos. Ainda aguardam resultados 3.712 exames coletados. A Secretaria já distribuiu o total de 637.442 doses da primeira remessa  aos municípios, destas foram aplicadas 555.848. Referente à segunda dose, foram distribuídas 270.812, sendo aplicadas 208.299 doses.

DIÁLOGO

A Assembleia Legislativa de Sergipe, através do seu presidente e deputado Luciano Bispo (MDB), está buscando intermediar um diálogo aberto entre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS) e o Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe (IPESAÚDE). A reitora do IFS, Ruth Sales Gama dialogou com o diretor-presidente do Ipesaúde, Christian Oliveira, no sentido de se encontrar uma solução legal para inserir os servidores federais no plano de saúde estadual. A Alese, através do presidente Luciano Bispo, tem dado todo o encaminhamento para a abertura do diálogo nesses pleitos dos servidores federais junto ao Ipesaúde. Durante a reunião o diretor-presidente Christian Oliveira solicitou algumas informações da reitora sobre o quantitativo de servidores que pretende aderir, explicando que o perfil deles é diferente dos servidores estaduais e municipais já contemplados. Ainda não reunião houve um entendimento para que em um novo encontro sejam apresentados os dados e que seja apresentada uma tabela diferenciada para ser colocada em discussão. Para tanto, será necessário que essa inserção dos servidores ocorra via projeto de lei a ser protocolado para tramitação na Alese, com apreciação dos parlamentares. “O poder Legislativo tem buscado esse diálogo no sentido que a gente consiga contemplar esses servidores com a adesão ao Ipesaúde”, destaca Luciano Bispo.

PLANO DE VACINAÇÃO

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) apresentou um requerimento pedindo informações detalhadas sobre o Plano Municipal de Vacinação Contra Covid-19 da Secretaria Municipal da Saúde para os grupos sem comorbidade. De acordo com o parlamentar, a sociedade aracajuana não dispõe de uma previsão sobre as datas de vacina para as próximas idades. “Chegamos agora na etapa de vacinação aos grupos sem comorbidade, que segue em idade decrescente, mas não existe um planejamento definido com a previsão com uma data para vacinação das idades seguintes. Acredito que seja importante que a secretaria divulgue pelo menos uma expectativa para as idades até 18 anos, como outras cidades já fizeram”, explica. O Plano de Vacinação disponibilizado pela prefeitura foi elaborado em janeiro de 2021 e teve a última atualização no início de fevereiro. “Na época que este plano foi elaborado ainda não tínhamos expectativa de vacinação das pessoas fora dos grupos de risco. Com a chegada da vacinação dos grupos sem comorbidades, é importante que a secretaria da saúde apresente esse planejamento, isso gera um conforto e sensação de segurança na sociedade”, acredita o vereador.

PORTO DA FOLHA

A deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, em mais uma Sessão Extraordinária Remota, para condenar o crime registrado contra um animal, no município de Porto da Folha, no sertão sergipano. Ela informou que o autor foi rapidamente identificado e preso em flagrante pelas autoridades competentes. Ela lamentou ainda que o caso ganhou repercussão nacional, algo negativo para Sergipe. “Eu confesso que venho para esta tribuna muito triste com mais esse registro de violência contra um animal. Infelizmente desde a implantação da Delegacia Especializada no Combate a Crimes contra Animais que parece ter triplicado a quantidade de casos de crueldade. Em Porto da Folha um demônio pegou uma bomba e explodiu um cachorro! Isso é inaceitável, é cruel e não demora muito para ele fazer com uma criança ou outra pessoa”, lamentou a parlamentar. Para Kitty Lima o autor do crime não reúne condições de conviver em sociedade. “Graças aos avanços das leis, ele agora está preso e eu quero agradecer a todos que se movimentaram na cidade para ajudar a denunciar e identificar. Esse caso ganhou repercussão nacional, trata-se de uma pessoa perigosa para conviver com as outras e vamos acompanhar o processo judicial para que esse covarde tome a pena máxima”. “Algumas pessoas ainda acham que esses crimes não dão em nada! Esse tempo passou! A sociedade de hoje não permite mais e nós temos olhos em todos os lugares para denunciar esses abusos. Infelizmente o cachorro não resistiu, mas quero deixar uma mensagem ao povo de Porto da Folha que a nossa luta não vai parar”, completou Kitty Lima.

ROTAS TURÍSTICAS

Durante a sessão virtual da Câmara Municipal de Aracaju, o vereador Breno Garibalde solicitou que a Orlinha do Bairro Industrial possa ser incluída nas rotas turísticas da capital. Na opinião do parlamentar, a área possui paisagens muito bonitas e pode ser mais um espaço para os turistas visitarem, o que geraria renda para os moradores locais. “A região tem um potencial enorme, inclusive lá está sendo reinaugurado o Centro de Artesanato Chica Chaves, então precisamos fazer com que os turistas cheguem até lá. O turismo será um forte aliado na recuperação econômica pós-pandemia, precisamos investir e fazer com que essa rota turística contemple todos os pontos da capital”, destacou o parlamentar. Breno também convidou a Frente Parlamentar de Turismo para conduzir esse diálogo, juntamente à Comissão de Meio Ambiente a qual preside. “Precisamos unir forças e o vereador Fabiano Oliveira, que preside a Frente, se prontificou a intermediar esse diálogo, juntamente com a nossa Comissão, até porque todo esse processo precisa ocorrer de forma sustentável e a população precisa também de educação ambiental”, concluiu.

PATRIOTA

O presidente estadual do Patriota Uezer Marques, disse ontem que "a política é muito cíclica, e esse fato novo que está prestes a acontecer que será a possível chegada de Alessandro no PSDB, que com certeza, não deixará Eduardo Amorim confortável na sigla. Eu já me antecipo em dizer que será uma satisfação enorme receber o Eduardo aqui no PATRIOTA. Ele reune características que nós preservamos.  Emília Corrêa tem uma boa relação com ele, e ao sabermos do que está rolando nos bastidores, entramos em contato com a nacional, e firmamos que faria o convite para o ex-senador mais votado da história de Sergipe, que pode ser nosso candidato ao Governo, ao Senado ou a Câmara Federal através do nosso partido, de pronto, eles disseram que “é uma boa ideia”.  Quero que Eduardo sinta-se em casa, se desejar vir para o PATRIOTA. Nosso time lhe receberá de braços abertos". 




Tópicos Recentes