EMPREENDEDORISMO

06/02/2021 as 08:39

Empreendedorismo na folia

Como aproveitar o carnaval para ganhar dinheiro extra

<?php echo $paginatitulo ?>

Um dos momentos mais esperados do calendário chegou e, com ele, muito confete, glitter e histórias para se aventurar. Para uns o carnaval é tempo de extravasar e sair da rotina, mas alguns enxergam na festa anual uma oportunidade de criar fonte de renda extra e empreender. É o caso da artesã Neli Alves, de 76 anos, empreendedora do Iaiá arteira lembrancinhas, que fez de sua paixão pelo artesanato seu ofício.

De acordo com Neli Alves, ela é apaixonada pelo ofício desde que nasceu e adora trabalhar com as mãos e criar coisas novas. Produz desde bolsas, necessaires, decoração, enfeites e até lembrancinhas para festas.  “Um artesão está atento aos momentos que podem render mais. Carnaval, festa junina, natal e o dia das mães são datas de muita procura de produtos bonitos, preço bom, e funcionalidade. Assim, sempre trabalhei mais nessas datas”, comentou.

A artesã comenta que umas das razões pelo crescente desejo de empreender e alinhar  sua arte como fonte de renda se deu pela reestruturação do carnaval de Belo Horizonte.  “Quando o Carnaval de BH se tornou mais movimentado, a procura de produtos de época se tornou maior e eu, que então , já estava aposentada, me dediquei mais”.

Neli é uma ótima indicadora de que um hobbie ou um ofício são as melhores opções para empreender e gerar resultados positivos.  “O artesanato não nos enriquece financeiramente, mas ajuda. E ainda mais, dá-nos uma sensação de estarmos ativos, trabalhando, pensando, criando, acho que é a maior riqueza”.




Tópicos Recentes