EITXA PÉ

13/01/2021 as 08:28

Escola de contas prepara ação pedagógica voltada aos novos prefeitos Sergipanos

A oportunidade de explanar acerca do tema proposto foi destacada pelo procurador-geral do MPC/TO

<?php echo $paginatitulo ?>

A primeira atividade online da Escola de Contas (Ecojan) do Tribunal de Contas de Sergipe (TCE/SE) este ano já tem data e público alvo: será no próximo dia 2, voltada aos novos prefeitos de municípios sergipanos. O anúncio foi feito pelo conselheiro Carlos Pinna, diretor da Escola, que recebeu em seu gabinete nesta terça-feira, 12, um dos palestrantes já confirmados, o procurador-geral do Ministério Público de Contas do Tocantins (MPC/TO), José Roberto Torres Gomes.

O treinamento terá como foco “As principais causas de reprovações de contas”, com a perspectiva de que os gestores em início de mandato adquiram os conhecimentos necessários para a correta utilização dos recursos públicos. “Será um evento para agregação, onde mostraremos os problemas que o Tribunal detecta, como forma de ajudá-los para que não se repitam”, explica o conselheiro Carlos Pinna.

A oportunidade de explanar acerca do tema proposto foi destacada pelo procurador-geral do MPC/TO: “Muitas vezes o gestor, no afã de atender a uma necessidade urgente, passa por cima de várias determinações, vários procedimentos, buscando o fim ele se atropela nos meios e a gente sabe que, na gestão pública, os meios são importantes”, destaca Gomes.

Segundo ele, muita gente fala mal da burocracia, mas esta é a primeira forma de controle que existe. “As regras existem para diminuir as perdas, para otimizar a gestão, para fazer com que a gestão seja mais eficiente e atinja seus meios. Esses assuntos são tratados muito pouco porque o gestor fica preocupado com seu dia a dia e esquece de prestar contas, esquece que essas contas podem ser rejeitadas, às vezes, porque ele não observou a burocracia ou ele entendeu que aquilo não era importante o suficiente para que desviasse sua atenção. Na rotina diária, muitas vezes, essas questões são relevadas e ficam para um momento futuro que, quando chega, infelizmente, já é na hora da rejeição das contas”, conclui o procurador-geral.

Outro palestrante já confirmado pelo diretor da Ecojan é o procurador-geral do Ministério Público de Contas de Sergipe (MPC/SE), Luis Alberto Meneses. “É uma ótima iniciativa, que vem em boa hora, já que estamos no início do ano e também dos mandatos; será uma grande oportunidade para esses gestores se aproximarem do Tribunal e também para o Tribunal se aproximar desses gestores, com uma ação pedagógica”, ressalta Meneses.

O detalhamento completo do evento será divulgado até a próxima semana, quando toda a programação estiver fechada. Além disso, o conselheiro Carlos Pinna também afirmou que a Escola entrará em contato com os gestores para informá-los e oferecer apoio operacional, caso tenham qualquer dificuldade de acesso à transmissão.

Por DICOM/TCE




Tópicos Recentes