ECONOMIA

07/05/2022 as 07:45

Você sabe usar os pontos de seus cartões de crédito?

Descomplique a sua economia

Economia
Por Márcio Rocha
<?php echo $paginatitulo ?>

Mediante a provocação do amigo Carlos Augusto, leitor assíduo da coluna que descomplica a economia, vamos falar sobre um assunto que interessa a todo mundo que usa cartões de crédito para suas compras; programas de pontos. Valem a pena? Será que são interessantes para o consumidor? Quais os melhores cartões para termos e gerar boa pontuação para uso?
Tentarei responder essas perguntas hoje da maneira mais simplificada possível, como sempre, com o objetivo de esclarecer a você, que certamente usa seus cartões, tem seus pontos acumulados e provavelmente não os utiliza, perdendo por expiração de tempo ou usa para trocar por isenção de anuidade.
O programa de pontos dos cartões de crédito é nada mais que uma maneira de estimular você a usar a forma de pagamento, com o retorno em pontuação de acordo com o que você vai gastando em suas compras efetuadas na moeda de plástico. Eles podem ser revertidos em produtos e serviços, ou convertidos em milhas para quem viaja muito. Isso depende do clube de pontos escolhido, e de sua intenção ao realizar o registro. Só com essa base que você pode obter de retorno, obviamente vale a pena usar esses benefícios.
Quais os melhores cartões para as pessoas pontuarem? Bem, como existem cartões para todas os gostos e bolsos, vamos aqui elencar alguns que são bons para acumular esse benefício e de que modo isso pode ser bom para você. Dá para fazer compras, viajar, obter descontos em vários produtos, recarga de celular e redução da anuidade. Descarte logo essa questão. Não vale a pena trocar seus pontos pelo desconto da anuidade. Até porque o que você paga de anuidade também vira ponto. Então troque por quaisquer outros benefícios.
Eu, particularmente uso meus pontos acumulados para trocar por passagens aéreas e hospedagens. Há um bom tempo não sei o que é pagar por voo em viagens de férias.
Bem, vamos aos cartões, né? Qualquer cartão de crédito da modalidade gold, platinum ou black acumulam pontos em cada compra realizada. No fechamento da fatura, o valor total é transformado de acordo com o fator de conversão. Existem várias taxas fatorais de conversão, mas vou direto aos que melhor promovem esse benefício.
Vou começar pelo cartão do banco dos sergipanos. Você que é cliente Banese e possui o Banese Card Elo Nanquim, tem um dos melhores cartões de crédito do Brasil, na atualidade. A taxa de conversão dele é de cada USD 2 (dois dólares cambiados na data do fechamento da fatura) = 2.2 pontos. Ou seja, A fatura de R$ 500, na conversão com o dólar hipoteticamente no valor de R$ 5, lhe dará 220 pontos acumulados na sua conta do programa de benefícios. 500 reais divididos por 5 (preço do dólar), são 100 dólares, vezes 2.2. São 220 pontos para você juntar e pensar no que fazer com eles depois. No caso do Banese Card Elo Nanquim, os pontos expiram a cada dois anos.
Outro cartão muito bom para acumular pontos é o Credicard MasterCard Black, esse eu posso falar com um pouco mais de conhecimento porque é um dos meus cartões de uso pessoal (lembra da vez em que expliquei que o ideal é ter dois cartões de crédito de bandeiras diferentes?). A variação de conversão dele é de 2 a 5 pontos por dólar gasto em compras, sendo que o acúmulo de 5 pontos por dólar é exclusivamente nos serviços de assinaturas. Eu pago meu Netflix, Globo Play, Xbox Live, entre outras assinaturas nesse cartão porque o fator de conversão por 5 pontos é muito bom. Além disso, ele possui acelerador de pontos, que é o pagamento de 2% da fatura para a duplicação dos pontos gerados. Na situação da fatura mensal vir em R$ 1.000, cerca de 200 dólares, esses se tornam 400 pontos, na conversão por fator mínimo. Entretanto, com mais 20 reais de pagamento na fatura, os 2% do acelerador de pontos, você receberá 800 pontos no mês, e isso é ótimo para acumular e trocar por várias coisas no site da operadora do cartão, por exemplo, ou juntar para viagens.
Vamos agora a dois cartões que são mais interessantes para as pessoas de renda menor. Meu segundo cartão de uso é o Pão de Açúcar Mais Itaucard Visa Platinum. Ele tem uma série de benefícios que são interessantes para quem é consumidor dos supermercados da rede. Entretanto, é um dos poucos cartões de loja (lembra quando falei sobre cartão de loja não valer a pena? Nesse caso específico eu estou errado!) que tem programa de pontos e a taxa de conversão dele é de a cada R$ 1 gasto em compras em qualquer lugar, não precisa ser especificamente no Pão de Açúcar, é gerado um ponto. Em uma conta simples: Uma fatura de R$ 1 mil, vai gerar 1.000 pontos para você usar no programa de benefícios. Esse cartão é um dos melhores pontuadores do Brasil e atende as famílias com renda menor, já que a variante Gold dele tem o mesmo fator de conversão de 1 x 1, então vale muito a pena usá-lo.
Aqui temos variantes interessantes de cartões de crédito que podem dar esse benefício de pontuação para você, da maneira mais prática possível. Todos são acessíveis para as mais variadas faixas de renda, então os programas de pontos são algo que todas as pessoas podem acessar e usufruir dos benefícios. Agora que entendeu um pouco mais sobre os pontos, você sabe que também pode ganhar dinheiro com eles? Isso vai ficar para uma próxima explicação, mas em breve você entenderá como isso é possível. Agora, consulte seu banco, veja o cartão de crédito que está disponível para você, consulte outros (Deus abençoe o Open Banking!) e veja o que mais lhe agrada, para seu bolso e gosto. Passe a usar melhor o seu limite, compre no comércio, estimule a geração de emprego para as pessoas, pois sempre que você faz uma compra, nossa economia se fortalece, junte uma boa pontuação, troque por milhas nos programas de fidelidade das companhias aéreas (elas também tem seus cartões com benefícios) e boa viagem... ou boas compras com seus pontos. Descomplique a sua economia!


Colunistas


Tópicos Recentes