11/09/2020 as 18:40

Seu churrasco além do tradicional

Água na Boca

Gastronomia
Por Jefferson Santana
<?php echo $paginatitulo ?>

O churrasco une famílias, une amigos e mais que isso é um momento de diversão para todos os brasileiros, não existe certo e errado quando o “prato” é algo tão comum e com diversas formas de preparo em um país multicultural. Nós brasileiros adoramos um churrasco. Com um consumo em diversos países, diferente dos nossos amigos argentinos e uruguaios, normalmente acompanhamos as carnes com cerveja, caipirinha e outras bebidas. No prato ainda costumamos acompanhar com o tradicional vinagrete e a famosa farofa, hoje quero mostrar novas formas de potencializar e enriquecer o seu churrasco do final de semana

O molho é um potente agregador de sabor para os cortes feitos na brasa - mas não é só de vinagrete ou chimichurri que vivem as carnes - pode fazer vários e ir provando qual é mais interessante ao seu paladar. Temos vários cortes e diferentes acompanhamentos para cada um, hoje ensinarei molhos que são ideais para acompanhar cada tipo.


Foto: Panelinha

O porco é um corte muito comum, principalmente a costela que costuma-se fazer no bafo Os cortes do animal geralmente são acompanhados de molhos levemente adocicados, como o barbecue e goiabada.
Mas fugindo desses sabores mais adocicados uma boa opção é o Gribiche um molho ácido que vai super bem com esse corte.

Gribiche
4 gemas de ovo
1 colher(es) de chá de mostarda de Dijon
sal e pimenta-do-reino a gosto
200 mililitro (ml) de azeite extra virgem
2 colher(es) de sopa de vinagre de vinho branco
1 colher(es) de sopa e cebolinha fatiada bem fininha
2 colher(es) de sopa de cebola-roxa bem picada
1 colher(es) de sopa de picles de pepino

Modo de Preparo:
Passe as gemas por uma peneira e, em seguida, junte mostarda, sal e pimenta-do-reino. Adicione um fio de azeite e mexa bem para misturar os ingredientes.
Continue colocando o azeite em fio, até incorporar e espessar, como no preparo de maionese.
Coloque o vinagre e misture, aos poucos, o azeite restante.
Transfira a maionese para um outro recipiente e adicione os demais ingredientes. Mexa tudo muito bem e sirva
(Caso não queria fazer a maionese caseira, pode substituir por maionese industrializada e retirar os ingredientes que compõem ovo e azeite.)


Foto: Aline Fonseca


Os cortes de frango costumam ser bem comuns sem churrasco, principalmente os corte com ossos, o frango e outras aves possuem sabor mais delicado. A gremolata, tempero italiano de raspas de limão-siciliano, salsa e alho, é uma ótima combinação para essas carnes e fica pronto rapidinho.

Gremolata
8 cabeças de alho
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Azeite a gosto
1 colher(es) de sopa de raspas de limão-siciliano
1 punhado de salsa ou coentro picado

Modo de Preparo:
Corte a ponta das cabeças do alho e tempere com sal, pimenta e azeite e leve para assar no forno a 140 ºC por 25 minutos. Deixe esfriar e, em seguida, descasque o alho. Bata o alho descascado no processador até virar uma pasta. Tempere com sal, pimenta, raspa de limão-siciliano e salsa.
(Caso não tenha limão siciliano, pode trocar pelo limão tahiti tradicional)

Os cortes mais tradicionais são os corte bovinos e suas diferentes combinações, o molho de mostarda e mel se encaixa no grupo de opções versáteis (ensinei uma receita fácil na postagem anterior). Combina com carnes magras, como bombom de alcatra, assim como a picanha. Os cortes mais gordos pedem mais acidez, por exemplo, o cupim. O toque azedinho pode vir do vinagre ou do limão. A gremolata, que apareceu acima como sugestão para as aves, reaparece nessa seção bovina. Dá para caprichar bastante no limão-siciliano e grelhar a carne sem tempero, deixando para colocar o sal só no molho. O chimichurri tradicional com certeza vai agradar todos os paladares.




Chimichuri
1/2 xícara(s) de chá salsinha picada
4 dente(s) alho picados
2 colher(es) de sopa orégano
1 colher(es) de sopa pimenta calabresa
1/4 xícara(s) de chá vinagre de vinho tinto
1/2 xícara(s) de chá azeite de oliva sal a gosto

Modo de Preparo:
Misture todos os ingredientes e está pronto

O ponto da carne, o molho e como que deve ser acompanhado é individual e basta respeitar, tem para diversos gostos. Lembrem-se a chama não pode tocar na carne isso vai causar aquele amargor de queimado, a churrasqueira já deve estar bem quente e se preferir alguns sabores mais defumados use papel alumínio para cobrir ou uma tampa. Para os curiosos em experimentar e conhecer os pontos da carne vermelha vou deixar explicado abaixo.



Espero que gostem das dicas e aproveitem o churrasco de forma saborosa.

Por Jefferson Santana
jeffersonsntana@gmail.com




Tópicos Recentes