ECONOMIA

25/06/2020 as 12:00

TCE entrega lista de servidores suspeitos de fraudar auxílio federal

Os municípios sergipanos começaram a receber nesta última quarta-feira, 24

<?php echo $paginatitulo ?>

A lista de servidores públicos suspeitos de estarem recebendo indevidamente o auxílio emergencial do Governo Federal, criado exclusivamente para pessoas desempregadas, autônomas e mães chefes de família sem renda durante o período de calamidade pública. Os dados estavam em posse do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE).

O levantamento foi feito pela Controladoria Geral da União (CGU), com dados encaminhados pelo TCE/SE, para identificar servidores públicos que poderiam ter declarado informações falsas e conseguido acesso ao benefício. O trabalho conjunto identificou 9 mil servidores públicos sergipanos em situação de suspeita, com um prejuízo que pode chegar a R$ 6 milhões para os cofres federais.

 

Com a entrega das listas para os municípios, os órgãos aguardam agora que cada gestão verifique a situação junto ao seu servidor e, caso constatado o recebimento irregular do benefício, oriente para a devolução dos valores através do site criado pelo Ministério da Economia. O recebimento do auxílio de forma irregular, pode configurar crimes de falsidade ideológica e estelionato, além de sujeitar o servidor as possíveis infrações disciplinares no âmbito do Governo Estadual e de cada município.

Nossa reportagem solicitou mais detalhes sobre a lista de servidores, mas não conseguimos êxito através do TCE/SE. O município de Aracaju, através da Secretaria de Comunicação, informou que ainda não foi notificada pelo TCE, e acrescentou que “as possíveis irregularidades têm relação direta com a União, mas assegura que, uma vez notificada e tendo conhecimento de situações irregulares, irá acompanhar todos os casos”, afirmou em nota.

O Governo do Estado também ainda não tem conhecimento da lista, mas afirmou que já está apurando internamente.




Tópicos Recentes