A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou o boletim epidemiológico do coronavírus, com 1.470 casos e 18 novos óbitos. Em Sergipe, 57.684 pessoas já testaram positivo para a COVID-19 e 1.408 morreram. Dos 18 óbitos, 16 estavam em investigação e foram confirmados. Até o momento, 30.626 pacientes foram curados. De Aracaju, três mortes, com duas mulheres: de 64 anos, com hipertensão, diabetes e doença pulmonar obstrutiva crônica e 54, com hipertensão, diabetes e neoplasia; e um homem, de 73 anos, com hipertensão, diabetes e obesidade. De Areia Branca, homem, 57, sem comorbidades. De Tobias Barreto, homem, 60 anos, com doença cardiovascular e pneumopatia. De Estância, homem, 72, sem comorbidades. De Simão Dias, mulher, 30, com nefropatia. De Nossa Senhora do Socorro, mulher, 76, com asma. De Lagarto, mulher, 57 anos, com hipertensão e obesidade. De São Domingos, homem, 67, com hipertensão, diabetes e doença pulmonar obstrutiva crônica. De Arauá, homem, 76, com diabetes e hepatopatia. De Itabaiana, duas mulheres, de 45 anos, com diabetes, hipertensão e obesidade, e de 87 anos, com diabetes e hipertensão; e um homem, de 85 anos, com asma. De Canindé de São Francisco, mulher, 60, com hipertensão. De Aquidabã, mulher, 78, com hipertensão e diabetes. De São Franscisco, 44, com diabetes, obesidade e doença cardiovascular. E de Porto da Folha, homem, 78, com hipertensão. Foram realizados 91.148 exames e 39.464 foram negativados. Estão internados 626 pacientes, sendo 273 em leitos de UTI (164 na rede pública, sendo 162 adultas e 2 pediátricas; e 109 na rede privada, sendo 106 adultas e 3 pediátricas) e 353 em leitos clínicos (217 na rede pública e 136 na rede privada). São investigados mais oito óbitos. Ainda aguardam resultado 1.355 exames coletados. Mais detalhes sobre o novo boletim epidemiológico da Covid-19 em sergipecontraocoronavirus.net.br.

CAPELA

O vereador de Capela José Adalto Santos, irmão do ex-prefeito Manoel Messias Sukita, foi solto por volta das 16 horas desta quinta-feira (30), da cadeia pública de Estância, onde passou 43 dias. Adalto foi preso em uma operação denominada Mamulengo e admitiu que foi vitima de uma arapuca política armada por seus opositores. O vereador disse que sai “mais forte” e como “muito mais força” para enfrentar esse jogo político que o prejudicou. Ele foi acusado de manipular vereadores, como presidente da Câmara Municipal de Capela, mas que a partir de agora será revelado quem realmente montou toda essa arapuca para prejudicá-lo. O alvará de soltura foi cumprido na tarde desta sexta-feira e ele deixou a cadeia acompanhado do seu irmão Manoel Messias Sukita e recebido em festa por eleitores na cidade de Capela.

ALESE

Foi aprovado durante a Sessão Extraordinária Remota da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o Projeto de Resolução nº 12/2020, de autoria da Mesa Diretora,  que acrescenta o art. 15, a da resolução nº 06, de 25 de março de 2020, que dispõe sobre os procedimentos e regras para fins de prevenção à infecção e à propagação do vírus covid-19 (novo coronavírus), no âmbito do poder legislativo estadual. De acordo com o Art. 15, os procedimentos e regras que constituem o protocolo de retomada plena das atividades da Assembleia Legislativa devem ser estabelecidos mediante ato da Mesa Diretora, ouvido, previamente, do Comitê Administrativo de Enfrentamento do COVID-19 (novo coronavírus) – CAE/COVID-19. A propositura destacou que as medidas a serem tomadas para a retomada dos trabalhos na Casa Legislativa, por meio de regras próprias, irão assegurar proteção aos cidadãos, servidores e parlamentares que frequentam as dependências do órgão.

FANTOCHE

O Delegado Paulo Márcio (DC), pré-candidato a prefeito de Aracaju, postou em suas redes sociais, duras críticas ao colega delegado e senador Alessandro Vieira (Cidadania). Para Paulo Márcio, “o senador Alessandro Vieira é fantoche e ponta de lança de um grupo formado pelo movimento Renova BR, Organizações Globo e Folha de São Paulo, além de políticos como Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre”. A crítica feita pelo delegado se refere ao “projeto de sua autoria visa, dentre outros absurdos, retirar dos pequenos partidos o direito de disputar eleições. Precisamos nos unir contra essa ameaça à liberdade e ao Estado Democrático de Direito! Todos contra o PL 2630/2020!”, escreveu Paulo Márcio. É evidente que as ações e posicionamentos do senador Alessandro Vieira em âmbito nacional, sobretudo sua perseguição ao presidente Jair Bolsonaro, têm impacto direto sobre as pré-candidaturas do Cidadania nos municípios sergipanos, a começar pela da delegada Danielle Garcia, que vem perdendo cada vez mais o apoio do eleitorado conservador. Por mais que Danielle ressalte suas qualidades e autonomia em relação ao senador, é impossível dissociar sua imagem da dele. Tanto isso é verdade que o marketing da delegada já escondeu o senador em algum quarto escuro para tentar estancar a sangria. Também pudera. Em termos de impopularidade, Alessandro hoje se iguala a Edvaldo Nogueira e Jackson Barreto.

MULHERES NA POLITICA

As mulheres brasileiras são economicamente responsáveis por 40% dos lares, estão presentes em 44% do mercado formal  mesmo com salários 20% menores em relação aos homens. Quando o assunto é política, em outras palavras: poder, as mulheres ocupam míseros 12,32% dos cargos eletivos, segundo o Mapa da Política de 2019, elaborado pela Procuradoria da Mulher no Senado. Assim, em ano eleitoral, o Encontro Estadual de Mulheres Cutistas decidiu debater sobre o tema: A Mulher na Política, conduzido pela dirigente da CUT Nacional Junéia Batista.  A secretária da Mulher da CUT/SE, Cláudia Oliveira, destacou que a participação da mulher nesta luta por igualdade de direitos é muito importante. “Não serão homens que vão reivindicar direitos para as mulheres, seremos nós, mulheres que estamos no dia-a-dia trabalhando, cuidando do nosso lar e dos nossos filhos. Agora com esta pandemia estamos também com o ‘escritório de trabalho em casa’ e com uma sobrecarga muito maior para poder sobreviver”, observou. Para Joelma Dias, dirigente do Sindipema e secretária de Organização e Política Sindical da CUT/SE, participou do encontro e afirmou que ainda é muito pouca a quantidade de mulheres na disputa eleitoral. “Mesmo com a cota de 30%, não estamos vendo a participação na política que as mulheres merecem ter. A mulher tem uma importância econômica, social e precisa estar na política vencendo o medo de enfrentar os homens nesta batalha, de enfrentar o machismo e patriarcado no governo Bolsonaro. Outras questões importantes que discutimos: quais mulheres iremos atingir quando colocamos o nosso nome para disputar política? A mulher trans, a mulher negra? Como contemplar todas as mulheres independente da classe econômica? São muitos anos de cultura machista, por isso 30% de cota para mulheres ainda não é o suficiente”, destacou Joelma.

 EMPREGO

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Novo Cadastro Geral de empregados e desempregados (Caged) da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, revelou que houve saldo negativo de 684 vagas de emprego com carteira assinada no estado, em junho deste ano. O saldo de junho decorre da diferença entre 3.910 admissões e 4.594 desligamentos no período analisado. Com o resultado de junho, o Estado registrou o desligamento de 14.227 empregos formais, no primeiro semestre de 2020. Emprego por grupamento de atividades econômicas em junho/2020 A análise dos dados apontou que houve abertura de vagas em apenas dois dos sete grupamentos de atividades econômicas do estado. Foram os grupamentos da Indústria de Transformação e da Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, os quais registraram abertura de 529 e 118 postos de trabalho, respectivamente, no período. Por outro lado, registraram fechamento de postos de trabalho  as atividades da Construção (-499 vagas), Comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas (-402 vagas), Serviços (-212 vagas), Administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (-111 vagas) e Outras Indústrias (-107 vagas). Desempenho dos Municípios em junho/2020 Dentre os municípios sergipanos, o município de Laranjeiras registrou a maior criação de vagas de trabalho, no mês analisado, com 314 postos de trabalho criados, seguido de Japoatã (+60 vagas) e Frei Paulo (+51 vagas). Já o saldo da capital, Aracaju, no mês de junho foi o de maior número de fechamento de postos de trabalho, com saldo negativo de 589 vagas. Em seguida estão Itabaiana (-76 vagas), Carmópolis (-74 vagas) e Nossa Senhora do Socorro (-70 vagas).

LIBERDADE SEM CENSURA

Emsurb I

O representante da Emurb Eraldo concedeu entrevista ao Programa Liberdade Sem Censura desta quinta-feira 30 onde informou que a Prefeitura de Aracaju segue realizando diversas obras no município. “Estamos dando continuidade ao programa “Tapa Buraco”. Entraram na programação a avenida Dr. José Machado de Souza, no bairro Jardins; Terminal da Integração Leonel Brizola, no Capucho; rua Pureza Bonfim, no bairro Santos Dumont; rua B, no loteamento Veneza, no bairro Olaria” informou.

Emsurb II

A Emsurb informou que outras obras estão nessa programação, serão feitas melhorias na rua José Pacheco, no conjunto Jk, no bairro Jabotiana; rua Luís Vieira Ramos, no conjunto Sol Nascente, no bairro Jabotiana; ruas Fiscal Adalberto Menezes, Promotor Antônio Valença e Irmã Clotilde de Oliveira, no conjunto Augusto Franco, no bairro Farolândia; rua Prof. Zely Guedes Ximenes, no bairro Aeroporto; rua Siriri, no Centro (recapeamento asfáltico); avenida Simeão Sobral, no bairro Santo Antônio (fresagem do pavimento). A recomposição do pavimento da rotatória do DIA, da reconstrução do pontilhão da avenida Anísio Azevedo com a rua Lagarto e o recapeamento da rua Siriri também serão realizadas a partir da próxima semana.

Consultas odontológicas

A coordenadora do Programa de Saúde Bucal da Secretaria Municipal da Saúde de Sergipe, Helena de Fatima Nascimento informou que as consultas eletivas retornaram no último dia 22 de julho, através de uma liminar feita pelo Sindicato dos dentistas de Sergipe impetrada na justiça. “O atendimento de urgência podem ser feitos nas Unidades Básicas de Saúde durante o dia, de segunda à sexta. Já a noite o atendimento é realizado no Hospital Fernando Franco, das 19h às 07 da manhã. No final de semana e feriados o atendimento é 24 horas no Hospital Fernando Franco. Para o agendamento de consultas a pessoa pode ligar para o 0800 729 3234, na opção 5”, informou.

Georlize Teles I

A pré-candidata à prefeitura de Aracaju Georlize Teles foi uma das entrevistadas no Programa Liberdade Sem Censura desta quinta-feira, 30 e falou sobre a pesquisa eleitoral feita recentemente. “Fui surpreendida por uma pesquisa de votos induzida feita pela Dataform e publicada pelo jornal Cinform onde meu nome foi esquecido. Muitas pessoas me ligaram dizendo que essa pesquisa foi polarizada e intencional para que as pessoas sejam incentivadas a votarem nos candidatos listados pelo Instituto de pesquisa, dando uma ideia segundo as pessoas de uma mensagem subliminar”, comentou.

Georlize Teles II

A delegada também destacou o rompimento dos diálogos com o partido PSB. “Estávamos mantendo um diálogo aberto e claro com o PSB, mas na semana passada saiu uma nota do próprio partido informando o rompimento deste dialogo. Continuamos mantendo uma conversa com outros partidos para uma possível aliança”, destacou.