BAHIA

11/12/2020 as 08:58

Mulher acusa ex-marido PM e colegas de corporação de agredi-la dentro de quartel em Lauro de Freitas

A mãe e a irmã dela também teriam sido vítimas dos policiais

<?php echo $paginatitulo ?>

Uma mulher denuncia as agressões que teria sofrido por militares dentro do quartel da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS). A mãe e a irmã dela também teriam sido vítimas dos  policiais.

Os filhos de M.B, de 37 anos, teriam sido agredidos pelo pai, o Soldado da Polícia Militar, A.O.S, de 40 anos, na noite de domingo (06), por volta das 20h. Além das agressões, o progenitor das crianças abandonou os filhos na rua [na porta da casa da avó], segundo a mãe. 

Nas imagens encaminhadas, é possível ver as costas do filho mais novo, de 9 anos, com escoriações, que ela diz ter sido feitas pelo PM e sua atual esposa. De acordo com o Boletim de Ocorrência feito pela mãe dos meninos, o homem ainda teria dito que iria comprar três coleiras para que os filhos ficassem sentados no chão. Vendo o sofrimento dos filhos, M. se encaminhou para a 52ª Companhia Independente de Polícia Militar de Lauro de Freitas (CIPM) na mesma noite e, ao chegar no local, foi recebida com agressões verbais pelo ex-marido que estava na guarita: "Saia daqui sua desgr*ça. Caso contrário, eu vou lhe encher de tiros", teria dito o homem a ex-mulher.  




Tópicos Recentes